Quarta, 08 Dezembro 2021

A chegada de um irmãozinho

A chegada de um irmãozinho

A notícia da chegada de um novo filho sempre traz momentos de euforia e satisfação, afinal, a família vai aumentar.Por outro lado, pode vir acompanhad
A notícia da chegada de um novo filho sempre traz momentos de euforia e satisfação, afinal, a família vai aumentar.

Por outro lado, pode vir acompanhada também de insegurança dos pais, por não saber se conseguirão dar a ambos os filhos a mesma atenção que merecem.

De acordo com os especialistas, o primeiro passo após a confirmação da gravidez é contar ao filho mais velho que ele ganhará um irmãozinho ou irmãzinha.

É claro que crianças de diferentes idades poderão reagir de maneiras distintas.

Porém, o mais importante para que se sintam seguras é deixá-las fazer parte de toda essa transformação.

Confira algumas dicas:
De 1 a 2 anos - Embora a criança dessa faixa etária possa não entender muito bem o que significa ter um novo irmão ou irmã, é importante falar disso com entusiasmo, para que sua atitude deixe-a animada também.

- Leve para a maternidade um presente para dar ao filho mais velho. Ele sentirá que a mamãe ganhou um presente, e ele também.

- Mesmo em meio a tantas mudanças no início de adaptação, faça alguma coisa especial com o filho mais velho.

De 2 a 4 anos - Ler, para ele, histórias que contenham imagens e personagens de bebês e irmãos pode ajudá-lo a se familiarizar.

- Seja honesto. Diga que o bebê será fofinho, lindinho como ele era, mas que também chorará quando tiver com fome, feito cocô ou xixi, e que isso lhe tomará tempo.

- É natural que o filho mais velho mude de comportamento e até regrida um pouco após o nascimento do irmão. Voltar a fazer xixi na cama, querer a chupeta ou até pedir a mamadeira são exemplos bastante comuns. Não o repreenda, pois isso tudo é normal.

- Brinquem, joguem, saiam para passear a sós.

Criança em idade escolar -

- Coloque o filho mais velho para participar do planejamento da chegada do novo bebê, ajudando a preparar o quarto, escolhendo roupa, brinquedos, ...

- Peça à família que o leve ao hospital logo após o nascimento do caçula, para que ele se sinta parte da família.

- Quando trouxer o bebê para casa, deixe que seu filho mais velho sinta-se à vontade para cuidar do bebê, se ele quiser. Elogie toda vez que for amoroso e gentil com o irmão

- Faça um esforço para passar algum tempo com ele. Crie oportunidades. A criança nessa fase precisa do incentivo e da chance que os pais têm para lembrá-la do quão especial ela é.

Fonte: American Academy of Pediatrics e Ministério da Saúde


 

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 09 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/