quinta-feira, 29 fevereiro 2024
ESPECIAL RACISMO

Dados e casos de racismo mostram realidade assustadora

“Eu fui no banco com a minha sobrinha e o segurança não me deixou entrar, porque disse que eu tinha roubado ela”, disse a barbarense Alessandra Furlaneto; veja o primeiro episódio da série de reportagens sobre racismo
Por
Nayara Lourenço
Foto: Rede TODODIA

O racismo faz parte das estruturas do Brasil desde os tempos da escravidão. A opressão contra pessoas negras atravessou os séculos no país e deixa marcas até os dias atuais.

Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mais de 408 mil pessoas negras foram assassinadas na última década, o que corresponde a 72% dos homicídios no período.

Em 2021, a cada 100 pessoas assassinadas, 78 eram negras.

No primeiro episódio da série de reportagens sobre racismo da Rede TODODIA, você acompanha diversos relatos de pessoas que tiveram as vidas marcadas por essa mazela, como foi o caso da psicanalista sumareense, Jessica de Souza.

“O que eu mais escutei até hoje foi ‘macaca’, na Argentina diziam ‘volta pro teu país’, ‘o que aconteceu com o teu cabelo?’. Já cheguei a me relacionar com pessoas e, quando chegou o momento de conhecer a família, disseram ‘não posso te apresentar, meu pai tem preconceito”, afirmou Jessica.

De acordo com a barbarense Alessandra Furlaneto, ela foi impedida de entrar em uma agência bancária por racismo. “Uma vez eu fui no banco com a minha sobrinha e o segurança não me deixou entrar, porque disse que eu tinha roubado ela, por conta da minha cor de pele”, disse Alessandra.

A série de reportagens estreia nesta segunda-feira (14), no canal 14 digital, canal 8 da TV a cabo (Nova Odessa – Inov), na plataforma de streaming www.tvtododia.com.br e em nosso canal do YouTube: tvtododia.oficial

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também