sábado, 20 abril 2024
VALORES A RECEBER

7,1 bilhões ainda podem ser resgatados no Banco Central. Saiba como consultar e sacar caso tenha dinheiro liberado

São R$5,7 bilhões disponíveis para pessoas físicas e R$1,4 bilhão para pessoas jurídicas
Por
Isabela Braz
Foto: Divulgação

De acordo com valores divulgados pelo Banco Central do Brasil (BCB) na última sexta-feira (07), cerca de R$7,1 bilhões de reais estão parados em bancos e instituições financeiras de todo o país, esperando para serem sacados.

Todo esse “dinheiro esquecido” é referente ao mês de maio e podem ser consultados no Sistema de Valores a Receber. São cerca de R$5,7 bilhões disponíveis para 36,5 milhões de CPFs e R$1,4 bilhão para 2,8 milhões de CNPJs.

Para verificar ou solicitar os valores, o cidadão precisa acessar o sistema (valoresareceber.bcb.gov.br) e informar o CPF e data de nascimento, para pessoa física, e o CNPJ e data de abertura da empresa para pessoa jurídica.

O valor mínimo que consta entre o saldo a ser resgatado é de R$10. Segundo dados do BCB, a maior parte dos beneficiários têm entre R$0,01 e R$10 para receber, com cerca de 28,2 milhões de brasileiros. Depois, aparecem aqueles com valores entre R$ 10,01 e R$ 100, com 11,3 milhões de beneficiários. E 796 mil pessoas possuem mais de R$ 1.000,01 para receber.

O Banco Central ressalta que esse é o único site disponível para a verificação desses valores e que “a instituição não envia links nem entra em contato com as pessoas para tratar sobre valores a receber ou para confirmar dados pessoais”. Confira como verificar o saldo e sacar esse dinheiro:

Como verificar:

  • Comece fazendo a consulta:

Acesse o site do Valores a Receber pelo link valoresareceber.bcb.gov.br. Faça a consulta para saber se você ou sua empresa tem valor a receber de algum banco, consórcio ou outra instituição.

Nessa etapa precisam apenas do CPF e da data de nascimento; para pessoas jurídicas, CNPJ e data de abertura da empresa.

  • Foi constado valores?

Caso tenha valores para receber, é necessário fazer login na sua conta no gov.br – tendo como nível de segurança o nível Prata ou Ouro, devido a segurança em relação ao sigilo bancário.

  • Confira o dono do dinheiro:

Se o dinheiro a ser resgatado for seu, clique em “Meus valores a receber”. Caso seja de alguém que já morreu – em caso de herdeiros ou testamentários –, vá em “Valores de pessoas falecidas”.

  • Leia e aceite o termo de ciência e responsabilidade:

É importante ler com atenção e a próxima etapa só pode ser seguida após a aceitação do termo.

  • Verifique todas as informações:

Nesta etapa, analise todos os seus dados, incluindo o valor a receber, a instituição que deve devolvê-lo e a origem do dinheiro e demais informações sobre ele.

  • Clique nas opções indicadas pelo sistema:

Se o sistema oferecer a opção “Solicitar por aqui”, selecione uma de suas chaves pix e guarde o número de protocolo para entrar em contato com o banco se necessário. A instituição tem prazo de 12 dias úteis para enviar o valor – podendo ser também pelos sistemas TED ou DOC.

Se a opção que aparece na for “Solicitar por aqui” e não aparecer a chave pix, entre em contato com a instituição financeira pelo telefone ou pelo e-mail informado por ela para combinar a forma de devolução. Nesse caso, a instituição financeira não é obrigada a devolver o valor em até 12 dias úteis.

Já caso não apareça essa solicitação, entre em contato diretamente com a instituição financeira pelo telefone ou pelo e-mail informado por ela para combinar a forma de devolução. Nesse caso, a instituição financeira não é obrigada a devolver o valor em até 12 dias úteis.

  • Salve o comprovante

O comprovante contém informações sobre o valor a receber, as solicitações realizadas e o protocolo de solicitação (caso tenha solicitado para receber via Pix). No computador, você pode salvar, imprimir ou compartilhar esse comprovante para consultar no futuro. No celular, você pode compartilhar esse comprovante por e-mail ou em aplicativos de mensagens.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também