sábado, 25 maio 2024
ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA

Bolsonaro e mais 16 são indiciados pela PF por falsificação de certificados de vacinação da Covid-19

Conclusão das investigações indicia o ex-presidente pelos crimes de associação criminosa e inserção de dados falsos em sistema público. Caso irá para o MP
Por
Isabela Braz
Foto: Carolina Antunes/PR

Após a conclusão do caso que apura a falsificação de certificados de vacinas de Covid-19, a Polícia Federal indiciou nesta terça-feira (19), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) pelos crimes de associação criminosa e inserção de dados falsos em sistema público. A informação foi divulgada pelo Blog da Daniela Lima, do G1.

A investigação que acontece desde maio do ano passado apurava a inserção de registros falsos no sistema do Ministério da Saúde em nome de Bolsonaro, da filha caçula do ex-presidente e de alguns aliados.

Além do ex-presidente, mais 16 pessoas foram indiciadas no caso. Entre elas o tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens do político e o deputado federal Gutemberg Reis (MDB-RJ) também estão sendo indiciados.

Familiares e integrantes da equipe de CID também estão entre os indiciados, além de membros da Saúde da prefeitura de Duque de Caxias e assessores de Bolsonaro.

Com o indiciamento, agora o processo segue para o Ministério Público, que fica responsável por decidir se apresenta a denúncia à Justiça ou arquiva a apuração.

Como funcionava?

Segundo a PF, os suspeitos inseriram dados vacinais falsos em dois sistemas exclusivos do Ministério da Saúde: o do Programa Nacional de Imunizações e da Rede Nacional de Dados em Saúde.

Segundo a corporação, com o certificado emitido, as pessoas poderiam circular em ambientes que exigiam a vacinação sem nenhum problema.

Em janeiro deste ano, a CGU (Controladoria-Geral da União) concluiu ser falso o registro de vacinação. As investigações da Polícia Federal indicaram que os dados dos certificados haviam sido adulterados para permitir a entrada de Bolsonaro nos Estados Unidos, no final de 2022.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também