Sábado, 16 Outubro 2021

Bolsonaro: um mês de silêncio sobre Biden

Bolsonaro: um mês de silêncio sobre Biden

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) completou, nesta segunda-feira (7), um mês sem manifestar qualquer congratulação ao democrata Joe Biden pela

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) completou, nesta segunda-feira (7), um mês sem manifestar qualquer congratulação ao democrata Joe Biden pela vitória nas eleições americanas.

Segundo assessores presidenciais, Bolsonaro deve permanecer em silêncio sobre a eleição de Biden até pelo menos 14 de dezembro, quando o Colégio Eleitoral americano se reúne para oficializar o resultado.

Biden foi projetado presidente eleito pelos meios de comunicação nos Estados Unidos em 7 de novembro, tendo derrotado o atual presidente Donald Trump.

Admirado por Bolsonaro, o republicano afirma, sem provas, ter sido vítima de uma fraude eleitoral. A resistência de Trump em admitir que foi derrotado abriu as portas para uma transição de poder marcada por turbulência.

Bolsonaro não só disse ter torcido por Trump como endossou recentemente as acusações do atual presidente americano de que as eleições foram fraudadas.

Depois de votar no segundo turno das eleições municipais, no Rio de Janeiro, o presidente disse que aguardaria mais um pouco para se manifestar sobre a eleição de Biden. "Tenho minhas fontes [que dizem] que realmente teve muita fraude lá. Isso ninguém discute. Se foi suficiente para definir um ou outro, eu não sei", disse.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 16 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/