Quarta, 27 Outubro 2021

Bolsonaro volta a pedir federais sem radares

Bolsonaro volta a pedir federais sem radares

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse na manhã desta quinta-feira (4) que conversará novamente com o ministro Tarcísio de Freitas (Infraestr
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse na manhã desta quinta-feira (4) que conversará novamente com o ministro Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) para zerar os radares em rodovias federais.
"É um assunto que vou levar o Tarcísio de novo para conversar numa live", afirmou. "Era uma festa no Brasil. Tínhamos mais de 8 mil pontos [de radares], conseguimos passar para 2 mil. Eu quero zerar isso daí, porque não deu certo".
Em 2019, Bolsonaro tentou eliminar os radares, mas esbarrou na Justiça. O assunto é caro ao presidente desde os tempos de deputado federal.
"Não pode o motorista estar muito mais preocupado com o que tem no barranco para fotografá-lo do que com a sinuosidade da pista. Isso leva a acidente também", disse.
Especialistas e organizações que trabalham com segurança no trânsito consideram o controle de velocidade um dos fatores mais importantes para reduzir o número de acidentes e mortes.
Bolsonaro disse ainda que conversará com o ministro da Infraestrutura sobre a possibilidade de deixar de cobrar pedágio de motociclistas. "O que eles causam de desgaste no asfalto é zero. Vamos facilitar a vida deles".
INAUGURAÇÃO
As falas de Bolsonaro vieram durante a inauguração de um centro esportivo em Cascavel (PR). Ele estava acompanhado do governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), entre outros.
A obra inaugurada por Bolsonaro nesta quinta-feira (4) foi iniciada em 2015, e estava prevista para ser usada como centro de treinamento para atletas estrangeiros na Rio-2016.
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 27 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/