quarta-feira, 24 julho 2024

Brasileiros criam ônibus solar que já rodou mais de 100 mil km sem uma única gota de gasolina

Estudantes e pesquisadores da UFSC esperam se aprofundar no funcionamento do eBus para implementá-lo no transporte público de todo o Brasil

Com tecnologia 100% brasileira, o eBus foi montado aqui com o apoio de três empresas privadas (Foto: Universidade Federal de Santa Catarina/ laboratório Fotovoltaica)

Um ônibus movido a energia solar desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) já rodou mais de 100 mil quilômetros sem fazer uso de uma única gota de combustível fóssil.

O primeiro protótipo, batizado de eBus, é uma criação do Laboratório Fotovoltaica da UFSC, e depende apenas da energia emanada pelo Sol.

Com tecnologia 100% brasileira, o eBus foi montado aqui com o apoio de três empresas privadas e trata-se do primeiro veículo elétrico a bateria totalmente carregado com energia solar.

Sua recarga é feita na sede do laboratório a cada conclusão de rota do ônibus, usado exclusivamente para transportar alunos, professores e visitantes que frequentam o campus da universidade, partindo do Norte da Ilha de Florianópolis.

Nos últimos cinco anos, o eBus já completou mais de 100 mil quilômetros – nada mais nada menos que o equivalente a 2 voltas e meia ao mundo! -, além de ter transportado mais de 30 mil passageiros.

Ele percorre cerca de 30 km por dia, passando pela capital catarinense e também por Jaraguá do Sul, com um trajeto que leva cerca de 30 minutos.

Segundo a Universidade Federal de Santa Catarina, além de garantir mobilidade sustentável, o ônibus solar funciona na prática como uma espécie de “polo de pesquisa móvel”, uma vez que comprova a viabilidade da tecnologia limpa para o benefício comum da população.

Além de fazer uso da energia solar, o veículo conta com o “Sistema de Frenagem Regenerativa”, módulo que produz energia cinética através do movimento das rodas e do uso do freio. Essa eletricidade extra é entregue às baterias do ônibus para que também possam contribuir para o seu funcionamento.

Para o futuro, os estudantes e pesquisadores da UFSC esperam se aprofundar no funcionamento do eBus para implementá-lo no transporte público de todo o Brasil. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também