segunda-feira, 27 maio 2024

Chuva soterra casas e mata ao menos 5 em SP

Ao menos cinco pessoas de uma mesma família morreram soterradas por causa da chuva da noite de terça (29), em Embu da Artes, na Grande São Paulo. Um bebê de 1 ano e 5 meses ainda era procurado até a conclusão desta edição.

A casa onde a família estava, na Rua Pégaso, Jardim do Colégio, desabou por causa da força da água. De acordo com a Defesa Civil, outras três residências desabaram. Ao todo, 30 imóveis foram interditados.

Os primeiros corpos encontrados foram os de Jaqueline Santos Gomes, 25, e os de três filhos dela, de 8 meses, 5 e 7 anos. No fim da tarde, os bombeiros localizaram Zenaide Marcelino Gomes, 55, avó das crianças.

Um homem de 56 anos também morreu ao ser levado pela enxurrada, quando tentava limpar um bueiro.

Segundo a Defesa Civil, a chuva e o forte vento provocaram pontos de alagamento nos bairros Jardim Vazame, Jardim Casa Branca, Jardim do Colégio, Jardim Independência e Jardim Santo Eduardo.

Dois filhos de Zenaide que estavam em frente ao imóvel no momento do deslizamento não se feriram e não quiseram falar com a reportagem.

“Houve um soterramento, deixando poucas possibilidades de fendas [onde possam entrar correntes de ar], para que as vítimas possam respirar”, explicou o coronel Jefferson de Mello, porta-voz dos Bombeiros.

Segundo o coronel, o bebê de 1 ano e 5 meses que ainda é procurado também é filho de Jaqueline e neto de Zenaide.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também