sábado, 15 junho 2024

Codornas nascem em prateleira de mercado e surpreendem funcionários

Ovos eclodiram dentro de cartela em calor de aproximadamente 37 ºC; Resgatadas com vida, as quatro aves acabaram morrendo

O gerente e um funcionário de um mercado em Campo Maior, a 80 km de Teresina, ficaram surpresos ao presenciar o nascimento de quatro codornas em uma prateleira do estabelecimento. Segundo especialistas, o calor de aproximadamente 37 ºC provocou a eclosão dos ovos que estavam à venda. Resgatadas com vida, as quatro aves acabaram morrendo.

Ao g1, o gerente Fábio Gomes relatou que, por volta das 16h, o funcionário Manoel Pereira o chamou após ouvir um barulho estranho vindo da prateleira. Ao se aproximar, a dupla notou algo em movimento dentro de uma cartela com 30 ovos.

“Levei o celular no ponto de filmar. Ficamos muito surpresos ao encontrar os filhotes nascendo. Eu já havia mudado as cartelas de lugar devido ao calor, porque são de plástico”, comentou Fábio.

Quando a gente pensa que já viu de tudo vem a vida e nos surpreende! Foi isso que aconteceu com o gerente e um funcionário de um mercado em Campo Maior, a 80 km de Teresina (Piauí). Eles ficaram surpresos ao presenciar o nascimento inusitado de quatro codornas em uma prateleira do estabelecimento. Tudo indica que o calor de aproximadamente 37 ºC provocou a eclosão dos ovos que estavam à venda.

“Achamos uma chocadeira aqui. Olha! Meu Deus! […] Mas também, meu amigo, um sol desse aqui”, disse o gerente Fábio Gomes em vídeo que registrou o nascimento inesperado.

O caso aconteceu em 21 de setembro e circulou nas redes sociais nesta quinta-feira (13).

Imagens registradas pelo gerente mostram o momento em que ele abre a cartela e encontra os quatro filhotes. Um deles chega a cair e é aparado pelo homem. “Achamos uma chocadeira aqui. Olha! Meu Deus! […] Mas também, meu amigo, um sol desse aqui”, disse Fábio no vídeo.

De acordo com ele, duas das aves morreram minutos depois. As outras foram entregues ao fornecedor dos ovos e morreram no dia seguinte.

“O fornecedor ficou espantado também, só acreditou porque eu estava contando pra ele. E queria fazer a troca da cartela, mas não aceitei. Ainda hoje estou com ela aqui”, contou.

Via G1

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também