terça-feira, 20 fevereiro 2024

Conselho de Ética da Alesp aprova abertura de processo contra Arthur do Val

Após a apresentação da primeira defesa do deputado ontem (17), os membros do colegiado decidiram admitir a abertura do processo

A penalidade depende do parecer do relator do processo, que ainda não foi indicado oficialmente (Foto: Reprodução/ Divulgação)

O Conselho de Ética da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) aprovou nesta sexta-feira (18) a abertura do processo que pode acabar na cassação do mandato do deputado estadual Arthur do Val (sem partido)

Após a apresentação da primeira defesa do deputado ontem (17), os membros do colegiado decidiram admitir a abertura do processo. As 21 representações enviadas ao Conselho pedem a cassação do mandato de Arthur, conhecido como Mamãe Falei -mas a penalidade depende do parecer do relator do processo, que ainda não foi indicado oficialmente. A presidente do Conselho, Maria Lúcia Amary (PSDB), deve nomear o deputado Delegado Olim (PP), apesar do protesto de outras deputadas do colegiado.

Votaram pela aprovação do processo os deputados:
Adalberto Freitas (União Brasil),
Enio Tatto (PT),
Barros Munhoz (PSDB),
Wellington Moura (Republicanos),
Erica Malunguinho (PSOL),
Campos Machado (Avante),
Marina Helou (Rede) e
A presidente do conselho, deputada Maria Lúcia Amary.

O corregedor parlamentar da Alesp, deputado Estavam Galvão (União Brasil), também votou pela abertura do processo. O deputado e provável relator do caso, Delegado Olim, não esteve presente na votação. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também