Sábado, 25 Junho 2022

Coronavírus foi achado em poucas embalagens de frangos brasileiros e não é motivo de alarme, diz OMS

Coronavírus foi achado em poucas embalagens de frangos brasileiros e não é motivo de alarme, diz OMS

A OMS (Organização Mundial da Saúde) disse que a China encontrou coronavírus numa fração diminuta de embalagens de alimento, e não na carne de frango

A OMS (Organização Mundial da Saúde) disse que a China encontrou coronavírus numa fração diminuta de embalagens de alimento, e não na carne de frango importado do Brasil, e que não há indícios de transmissão de Covid-19 pela comida. 

Segundo a líder técnica Maria van Kerkhove, "a China testou algumas centenas de milhares de amostras e encontrou o coronavírus em menos de dez". Van Kerkhove disse que, embora o patógeno sobreviva em superfícies, não há evidências de que este seja um meio de contaminação. 

Além disso, caso estivesse no alimento, ele seria desativado quando a carne fosse cozida. O diretor-executivo da OMS, Mike Ryan, afirmou que não há sinais de que a cadeia dos alimentos seja um problema em relação à transmissão do coronavírus.


"As pessoas já estão assustadas demais. Não vamos descartar indícios científicos, mas não devemos temer pacotes de comida", disse ele. 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/