sexta-feira, 12 abril 2024

Crescem mortes por causas mal definidas na pandemia

Estão entre os casos mal definidos aqueles registrados em casa ou em hospital, sem assistência ou com causa desconhecida 

COVID-19 | Dados indicam subnotificação de óbitos (Foto: Agência Brasil)

Mortes em decorrência das chamadas causas mal definidas cresceram 30% no Brasil no primeiro ano da pandemia. Para especialistas, esses dados indicam uma subnotificação de óbitos da Covid-19.

Estão entre os casos mal definidos, por exemplo, aqueles registrados em casa ou em hospital, sem assistência ou com causa desconhecida. No total, foram 97.436 óbitos desse tipo no país em 2020, contra 74.972 em 2019 -um aumento, portanto, de 22.464 casos em um ano. Isso representaria 11,5% dos 194.976 mortos brasileiros por Covid no ano passado, de acordo com o consórcio de veículos de imprensa.

Os dados do SIM (Sistema de Informação sobre Mortalidade) do Ministério da Saúde foram compilados por Fatima Marinho, médica epidemiologista e especialista sênior da Vital Strategies, organização global composta por especialistas e pesquisadores com atuação junto a governos. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também