sábado, 15 junho 2024

Hipertireoidismo e doença de graves: quais os sintomas e tratamento

A tireoide é uma glândula que fica na base do pescoço, ela é responsável pela produção dos hormônios que são os responsáveis por controlar o ritmo do nosso corpo 

Foto: Ilustrativa

Você tem ou conhece alguém que tem hipertireoidismo? Já ouviu falar da doença de Graves? Quando suspeitar desse problema e qual sua principal causa? A Dra. Luciana Audi dá mais detalhes sobre  o assunto.

O que é hipertireoidismo?

A tireoide é uma glândula que fica na base do pescoço, ela é responsável pela produção dos hormônios tireoidianos T3 e T4, que são os responsáveis por controlar o ritmo do nosso corpo, esses hormônios da tireoide funcionam como combustível do nosso corpo. A pessoa que tem hipertireoidismo possui uma produção aumentada dos hormônios tireoidianos.

Quando suspeitar?

*Palpitações ou popularmente conhecido como “batedeira no peito”, que podem ser arritmias.
*Tremores de mãos
*Sensação de calor ou aumento de sudorese. Quem tem hipertireoidismo normalmente usa mais que o habitual, mas saiba que existem outras causas para isso como medicações, alterações hormonais, menopausa dentre outros. 
*Perda de peso 
*Aumento do número de evacuações. As pessoas com hipertireoidismo têm o intestino acelerado podendo apresentar evacuações muito frequentes e líquidas.
*Alterações de humor. O excesso dos hormônios tireoidianos pode causar ansiedade, irritabilidade e agitação  
Nas mulheres, a alteração do ciclo menstrual pode ficar irregular, com fluxo diminuído ou ausente.
Se um ou mais desses sintomas estiverem acontecendo e prejudicando a sua qualidade de vida, você deve procurar um médico.

O diagnóstico do hipertireoidismo inclui a história clínica, o exame físico e a dosagem no sangue dos hormônios tireoidianos. Uma vez feito o diagnóstico é importante avaliar a causa do problema.

Existem diferentes problemas que podem causar hipertireoidismo, como doença autoimune de Graves, nódulos produtores de hormônio, suplementos a base de iodo, dentre outros. Na doença de Graves, o sistema de defesa do corpo, o sistema imune, por alguma razão que ainda não sabemos explicar, começa a fabricar anticorpos para atacar a própria tireoide. Quando isso acontece acaba se ligando a receptores específicos da tireoide que estimulam a produzir mais hormônios mesmo que estes já estejam em excesso no corpo. Além dos sintomas de hipertireoidismo, a pessoa com Doença de Graves pode ter a tireoide aumentada, que é uma das causas do chamado bócio. 

Outra característica que pode ocorrer são os olhos para fora do globo ocular ou popularmente chamado de olhos saltados ou esbugalhados, que na medicina é chamado de exoftalmia.

A Doença de Graves pode ocorrer em homens e mulheres, mas é muito mais frequente em mulheres, principalmente antes dos 40 anos.

Qual o tratamento para o hipertireoidismo?

O seu tratamento pode ser feito com medicações que bloqueiam a produção dos hormônios tireoidianos em excesso. Nos casos mais graves pode ser indicado iodo radioativo ou cirurgia para retirar a tireoide. 

Se sentir algum dos sintomas que foram apresentados, não deixe de procurar um médico. De preferência um endocrinologista. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também