terça-feira, 18 junho 2024

Lula demite comandante do Exército após reunião com Forças Armadas

 Presidente decidiu exonerar o general Júlio César de Arruda, depois dos desdobramentos dos ataques aos Três Poderes

General do Exército Júlio César de Arruda /FOTO FABLICIO RODRIGUES-ALMT

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decidiu demitir o comandante do Exército, general Júlio César de Arruda. O substituto será o atual comandante militar do Sudeste, general Tomás Miguel Ribeiro Paiva.

Lula se reuniu nesta sexta-feira (20), com o ex-comandante Júlio Arruda, o ministro da Defesa, José Mucio Monteiro, e os comandantes da Marinha e da Aeronáutica.

A demissão ocorre após o general impedir a entrada de policiais militares do Distrito Federal, no acampamento montado em frente ao Quartel General do Exército, depois dos atos de vandalismo na Praça dos Três Poderes.
Nas últimas semanas, o impasse aumentou por causa de divergências de posicionamento, mas a decisão de Lula só foi tomada depois da reunião com os comandantes das três Forças Armadas do Brasil, evitando desgastes entre os poderes.
O general Tomás Miguel Ribeiro Paiva tem relação mais próxima com o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB). Ele trabalhou em conjunto com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).
Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também