terça-feira, 20 fevereiro 2024

Lula vai ao TSE contra Eduardo Bolsonaro

Lula cumprimenta Moraes, na posse no TSE

A coligação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) acionou o deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) e outros 67 apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por terem publicado nas redes sociais a foto de um painel instalado em Porto Alegre que associa a esquerda à facção PCC (Primeiro Comando da Capital) e ao aborto.

A campanha do petista pede que o tribunal determine ao filho do chefe do Executivo e aos demais bolsonaristas a exclusão das postagens com a foto do painel. Além disso, também requer que os responsáveis sejam multados em R$ 25 mil.

Os advogados do PT afirmam que os aliados do mandatário compartilharam “conteúdo sabidamente inverídico, de forma a buscar influenciar os eleitores, por meio de uma ligação -errônea- de que partidos de esquerda, como os que compõem a coligação representante, fariam apologia do aborto de forma indiscriminada e possuiriam ligações com o Primeiro Comando da Capital e o narcotráfico”.

A imagem traz a mensagem “você decide”, uma convocação para manifestações do 7 de Setembro e uma comparação que, de um lado, tem a bandeira do Brasil e, de outro, o símbolo do comunismo.

De acordo com o texto, os comunistas defendem “aborto”, “bandido solto”, “MST forte”, “narcotráfico” e é “a favor do PCC”, enquanto a parte da bandeira do país é favorável à “vida”, “bandido preso”, “agro forte”, “ordem e progresso” e é “a favor da polícia”.

Na representação, o PT afirma que, “pela leitura do painel e pelo contexto atual do país, resta claro que se trata de propaganda negativa -e de desinformação- face aos partidos de esquerda do país, notadamente os que compõem a Coligação Brasil da Esperança”. “Diante do estratagema de disseminação de conteúdo falso visando a influenciar o pleito eleitoral do corrente ano, há necessidade de atuação enérgica e imediata da Justiça Eleitoral, de forma a conter o avanço desta prática”, afirmam os advogados.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também