Sábado, 25 Junho 2022

Morre aos 94 George Bush pai,o último presidente dos Estados Unidos na Guerra Fria

Morre aos 94 George Bush pai,o último presidente dos Estados Unidos na Guerra Fria

George Herbert Walker Bush, o 41º presidente dos Estados Unidos, morreu no início da madrugada deste sábado (1º), aos 94 anos, em sua casa, em Houston
George Herbert Walker Bush, o 41º presidente dos Estados Unidos, morreu no início da madrugada deste sábado (1º), aos 94 anos, em sua casa, em Houston. "Jeb, Neil, Marvin, Doro e eu estamos tristes em anunciar que, após 94 extraordinários anos, nosso querido pai morreu", disse seu filho George W. Bush, o 43º presidente americano, em nota divulgada pelo porta-voz da família, Jim McGrath.

Em abril deste ano, um dia após o funeral de sua mulher, Barbara, Bush foi internado com uma infecção no sangue - já sofria há anos de Parkinson.

Bush pai foi o último presidente dos EUA da geração que lutou na Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Seu governo registra uma grande vitória militar em 1990, a operação "Tempestade no Deserto", que pôs fim à ocupação militar do Kuait pelo Iraque. Foi também na sua administração (1989 a 1993) que a Guerra Fria terminou, com a queda do Muro de Berlim em 1989, seguida da dissolução da União Soviética e do estabelecimento por Bush e Mikhail Gorbatchov da parceria estratégica entre Rússia e EUA, em 1991.

Em grande parte devido a esses fatos, Bush registrou na primeira metade de seu único mandato altíssimos níveis de popularidade.

Mesmo assim, perdeu a reeleição em 1992 para Bill Clinton e teve por muito tempo de se explicar pela decisão de, na sequência da "Tempestade no Deserto", não ter mandado suas tropas até Bagdá para derrubar Saddam Hussein, algo que seu filho faria em 2002.

TRUMP
O presidente americano Donald Trump prestou sua homenagem ao ex-presidente. "Com bom senso e liderança inabalável, o presidente Bush guiou nossa nação e o mundo a um término pacífico e vitorioso da Guerra Fria", disse Trump em um comunicado ontem. "Como presidente, ele preparou o palco para as décadas de prosperidade que se seguiram", disse o texto, assinado em conjunto com a primeira-dama Melania Trump.

Trump também afirmou que o compromisso inabalável de Bush pai com a fé, a família e o país, "inspirou gerações de americanos ao serviço público".

LÍDERES MUNDIAIS ELOGIAM ESTADISTA
A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou que George H. W. Bush era "um grande estadista e um verdadeiro amigo do nosso país". "Ao navegar por um fim pacífico para a Guerra Fria, ele fez o mundo um lugar mais seguro", completou.

Por meio de sua conta no Twitter, o presidente francês, Emmanuel Macron, prestou homenagens. "Era um líder mundial, que apoiou firmemente a aliança com a Europa", disse.

George W. Bush filho afirmou em uma nota que "George H. W. Bush era um homem do mais alto caráter e o melhor pai que um filho ou filha poderia pedir".

Barack Obama, ex-presidente, também se pronunciou dizendo que "George H.W. Bush é uma prova de que o serviço público é uma vocação nobre. E ele se saiu tremendamente bem ao longo do caminho".

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/