Sábado, 25 Junho 2022

Número de mortes por Covid-19 em São Paulo ultrapassa 10 mil

Número de mortes por Covid-19 em São Paulo ultrapassa 10 mil

Em um dia considerado histórico para a ciência nas palavras do governador João Doria (PSDB), que anunciou a produção da vacina contra o novo coronavír

Em um dia considerado histórico para a ciência nas palavras do governador João Doria (PSDB), que anunciou a produção da vacina contra o novo coronavírus pelo Instituto Buntantan, o número de mortes por Covid-19 no estado de São Paulo chegou a 10.145, segundo balanço divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde.

Em 24 horas, o número de óbitos aumentou 2,8% O estado soma 162.520 infectados -crescimento de 3,8% em relação ao dia anterior.

João Gabbardo, coordenador executivo do Centro do Contingência do Coronavírus, explica que a produção da vacina não alterará as ações do Plano São Paulo.


"Todos os inquéritos sorológicos feitos no país apontam que cerca de 4%, 5% da população já teve contato com o vírus e possui imunidade contra a doença. Mais de 80% da população ainda é suscetível ao vírus", afirma Gabbardo.

A taxa de ocupação de leitos de UTI reservados para Covid-19 nesta quinta alcançou 69,4% no estado e 67% na Grande São Paulo -5.211 pacientes com confirmação ou suspeita da doença estão internados em UTIs e 8.085 em enfermarias.

No Instituto Emílio Ribas, atualmente 100% destinado ao tratamento da Covid-19, o número de leitos de UTI quintuplicou. A cada cinco pacientes internados, quatro deixam a UTI e são transferidos para a enfermaria.
Até esta quinta-feira, 30.383 pessoas atendidas nos hospitais estaduais receberam alta.

Segundo o coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, Carlos Carvalho, as universidades públicas federais e estaduais estão realizando mais de uma centena de pesquisas, com o intuito de entender o comportamento do vírus, discutir possibilidade de tratamento e medicamentos.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/