segunda-feira, 24 junho 2024

Polícia investiga cemitério clandestino encontrado em Embu das Artes

Desde o começo do ano, 18 corpos foram achados na região 

Corpos foram encontrados na Grande São Paulo — Foto: GCM de Embu das Artes

A Polícia Civil investiga um cemitério clandestino localizado na terça-feira (11) em uma área de mata, em Embu das Artes, na Grande São Paulo. Os investigadores acharam cinco corpos nesta semana em um terreno na Rua Jatobá, no bairro Jardim Pinheirinho.

Os corpos estavam em estado de decomposição, de acordo com a polícia, e foram encontrados após diligências, que contaram com o apoio do Corpo de Bombeiros, da Guarda Municipal de Embu e do canil da Guarda Municipal da Capital.

Até a última atualização desta reportagem, os corpos ainda não haviam sido identificados. A polícia vai cruzar as informações com dados de pessoas desaparecidas na região.

Uma perícia técnica foi realizada no local. A Secretaria de Segurança Pública do Estado informou que “diligências prosseguem visando à identificação das vítimas e ao esclarecimento dos fatos”.

Em nota a prefeitura de Embu das Artes informou que a Guarda Civil, em conjunto com a Polícia Civil, encontrou após denúncia a área com corpos de quatro homens e uma mulher, que estão no Instituto Médico Legal (IML) em São Paulo.

12 corpos na região

Ao SP2, a polícia disse que os corpos foram levados para a mata durante a noite, para não chamar atenção dos moradores.

Do começo do ano até agora, as forças de segurança da região encontraram 18 corpos, sendo que 12 foram identificados e nenhuma das vítimas era moradora de Embu das Artes.

Os últimos cinco estavam no limite entre duas cidades e foram deixados do lado de Embu das Artes. Do outro lado de uma cerca de arame fica Itapecerica da Serra.

No fim mês passado, outra denúncia levou a polícia à mesma região de mata. Os policiais localizaram três covas, com dois corpos e uma ossada.

A investigação confirmou que dois corpos eram de um casal que desapareceu em Itapecerica da Serra no fim de maio e outro era de um rapaz sumido desde janeiro.

A polícia investiga a possibilidade de dívidas de drogas.

Via G1

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também