sexta-feira, 12 abril 2024

Por falta de doses, cidade de São Paulo suspende vacinação

Prefeitura interrompe imunização até que novos lotes contra Covid cheguem 

Pausa | Expectativa era de vacinar adultos com mais de 50 anos até esta terça-feira (Foto: Arquivo/ Tododia)

Após registrar falta de doses em mais de 300 pontos de vacinação nesta segunda-feira, a Secretaria Municipal de Saúde decidiu suspender a campanha de vacinação contra a Covid-19 na cidade de São Paulo. Com isso, a repescagem para pessoas de 50 a 59 anos, que seria nesta terça-feira (22), foi suspensa.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, ela será retomada nesta quarta-feira (23), já para pessoas de 49 anos ou mais. Originalmente, a previsão era imunizar nesta terça aqueles com 50 anos ou mais que não conseguiram se vacinar na semana passada, no segundo dia de repescagem dessa faixa etária, e, na quarta-feira, mais de 340 mil pessoas da faixa etária de 48 anos e 49 anos.

“O PMI [Programa Municipal de Imunizações], da Secretaria Municipal da Saúde, informa que devido à alta adesão à vacinação antiCovid-19 na capital, com cerca de 90% do público entre 50 e 59 anos vacinado com a primeira dose, os estoques foram utilizados e nesta terça-feira (22), as 468 Unidades Básicas de Saúde serão reabastecidas”, afirmou a secretaria do prefeito Ricardo Nunes (MDB).

“A pasta espera receber, nesta terça-feira (22), 188 mil doses de vacinas do governo do estado para que possa abastecer os estoques das UBSs e dar prosseguimento ao calendário estipulado”, completou a a nota da Secretaria Municipal da Saúde.

O desabastecimento dos postos foi crescendo ao longo do dia. Mais de 300 postos de vacinação contra a Covid-19 estavam sem o imunizante por volta das 17h30 desta segunda na cidade de São Paulo. A prefeitura, gestão Ricardo Nunes (MDB), disse, em nota, que o problema era pontual por causa da alta demanda e que estava fazendo o remanejamento de doses.

Nesta segunda-feira e terça (22), a cidade de São Paulo faz uma repescagem para vacinar pessoas de 50 a 59 anos, que não conseguiram se vacinar na semana passada.

Neste horário, o site “De Olho na Fila”, serviço criado pela Secretaria Municipal da Saúde para mostrar a situação das filas nos postos de saúde, apontou que 305 locais de vacinação estavam com status de “não funcionando”.
O número representa 63% dos 485 locais disponíveis para consulta na ferramenta, ou quase dois em cada três pontos. A maior parte dos pontos funcionam em UBSs, que operam até as 19h.

Todos os postos procurados pela reportagem afirmaram que a vacinação havia sido interrompida pela falta de doses. Vale lembrar que os megapostos de drive-thru e para pedestres, além de vacinação em farmácias, não funcionaram nesta segunda e terça, segundo a prefeitura. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também