sábado, 20 abril 2024

Receita Federal intercepta 236 quilos de cocaína no Porto de Santos

A droga foi encontrada em uma carga de bobinas de papel 

Foto: Divulgação / Receita Federal

Durante a execução de trabalhos de rotina de vigilância e repressão aduaneiras, equipes da Alfândega de Santos e servidores de outras Unidades da Receita Federal evitaram que 236 kg de cocaína chegassem à Europa.

A droga foi cuidadosamente oculta em um carregamento de bobinas de papel e foi interceptada no decorrer dessa terça-feira, 11 de abril. A carga tinha como destino o Egito, mas faria baldeação no Porto de Algeciras, na Espanha.

Para a seleção de cargas são utilizados critérios objetivos de gerenciamento e análise de risco, bem como a inspeção por imagens de escâner. Outra ferramenta importante é a participação de cães farejadores da Receita Federal. Durante a operação, o cão de faro da Alfândega de Santos sinalizou positivamente para a presença de drogas.

Após a confirmação da contaminação, a Polícia Federal foi acionada para os procedimentos de polícia judiciária da União e para realizar a perícia no local dos fatos, a fim de subsidiar a investigação a ser conduzida em inquérito policial.

A Alfândega de Santos vem selecionando servidores de outras Unidades da Receita Federal para reforçarem as equipes da Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho (Direp) para o incremento das ações no complexo portuário santista. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também