quinta-feira, 18 julho 2024

Renato Feder assume SEDUC para transformar SP em potência educacional

Secretário foi empossado no domingo (1) junto ao governador Tarcísio Freitas e quer preparar alunos da rede para a vida prática 

Foto: Divulgação

O professor e mestre em economia Renato Feder é o novo secretário da Educação do estado de São Paulo. A posse ocorreu em 1º de janeiro junto ao governador Tarcísio Freitas, vice-governador Felício Ramuth e demais secretários. Nesta segunda-feira (2), na sede da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEDUC-SP), foi celebrada a cerimônia da transmissão de cargo com a presença do ex-secretário Hubert Alquéres, dirigentes de ensino, servidores e convidados.

O constante aprimoramento da educação norteará as ações da nova gestão. Uma das metas do novo secretário é potencializar o aprendizado em sala de aula. “Vamos focar nos resultados de quem está na ponta e ajudar ao máximo nossos professores para que a educação paulista esteja em primeiro lugar e seja referência em todo país”, aponta.

Renato Feder (44) é paulistano, Mestre em Economia pela Universidade de São Paulo (USP) e graduado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ele já atuou na Seduc-SP em 2017 e 2018, quando foi assessor especial da pasta.

Nos últimos quatro anos, Renato foi secretário da Educação do Paraná. Em sua gestão, o estado conquistou o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2021 do ensino médio e deu o maior salto entre todos os estados brasileiros logo no primeiro ano de sua gestão, em 2019.

Além disso, algumas iniciativas de Feder no Paraná, como o programa de formação de professores, foram reconhecidas internacionalmente. Outras, de caráter social, como a ampliação da merenda escolar, foram pioneiras no país. Ele também investiu em infraestrutura e montou a maior rede de escolas conectadas em banda larga do Brasil. O modelo de gestão focado em resultados, tecnologia e na formação integral dos alunos levou Feder a ser convidado pelo governador Tarcísio de Freitas para assumir a educação paulista.

Como professor, ele atuou 10 anos nas salas de aula e na gestão de escolas de Educação Básica e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA). No ensino superior, lecionou economia na Universidade Mackenzie. Em experiências internacionais, conheceu o funcionamento e gestão de escolas e sistemas educacionais da China, Coreia do Sul, Japão, Canadá, Israel, Finlândia e Estados Unidos. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também