Sexta, 17 Setembro 2021

7 pessoas morrem em queda de avião em Piracicaba; veja os vídeos da decolagem e queda

7 pessoas morrem em queda de avião em Piracicaba; veja os vídeos da decolagem e queda

Entre os mortos está o empresário Celso Silveira Mello Filho, sua esposa e os três filhos; as outras vítimas são o piloto e o copiloto. Vídeo mostra o desespero das pessoas no aeroporto ao verem a queda da aeronave
Bombeiros atuaram para evitar que o fogo provocado pela queda do avião se alastrasse – Rafael Rezende/TodoDia Imagem

Um avião caiu na manhã desta terça-feira (14) em Piracicaba matando sete pessoas. Estavam a bordo o piloto, copiloto e cinco passageiros da mesma família, entre elas do empresário Celso Silveira Mello Filho, de 73 anos, sócio do Grupo Cosan.

Em nota, a empresa confirmou ainda a morte da esposa do empresário, Maria Luiza Meneghel Silveira Mello, 71 anos, e de seus três filhos – Celso Meneghel Silveira Mello, 46 anos, Camila Meneghel Silveira Mello Zanforlin, 48 anos, e Fernando Meneghel Silveira Mello, 46 anos. Mello Filho é acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da Cosan, Rubens Ometto Silveira Mello.

As outras vítimas fatais são o piloto Celso Elias Carloni, 39 anos, e o copiloto Giovani Dedini Gulo, 24. A queda foi em uma área verde próximo à Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo), no bairro Santa Rosa. O avião havia acabado de decolar do Aeroporto Pedro Morganti, em Piracicaba, por volta das 9 horas.

Um vídeo mostra o momento de decolagem e o desespero das pessoas no aeroporto ao verem a queda do avião cerca de 15 segundos depois:

A Cosan é uma empresa brasileira com negócios nas áreas de açúcar, álcool, energia, lubrificantes e logística, contando com cerca de 45 mil funcionários. Entre as empresas do grupo estão a Raízen, Rumo Logística e Comgás.


Celso Silveira Mello Filho era sócio do Grupo Cosan e membro da família Ometto - Gustavo Annunciato/Câmara de Piracicaba
A queda da aeronave provocou um princípio de incêndio. Equipes de policiais e do Corpo de Bombeiros estiveram no local e atuaram para evitar que fogo na vegetação de alastrasse. 
O avião que caiu é um modelo King Air 360, de acordo com a Cosan.
Um vídeo divulgado pelo Corpo de Bombeiros mostra o local do acidente logo após a queda:

O prefeito de Piracicaba, Luciano Almeida (DEM), decretou luto oficial de três dias no município pelas mortes dos ocupantes do avião. Já a Câmara Municipal de Piracicaba expressou condolências pela morte do empresário Celso Silveira Mello Filho e de todos os ocupantes da aeronave.

Em novembro de 2016, Melho Filho foi homenageado pela Câmara com o Título de Piracicabanus Praeclarus, a principal condecoração dada a uma pessoa nascida na cidade pela Casa. Por iniciativa do presidente Gilmar Rotta (Cidadania), a Câmara mantém a meio-mastro as bandeiras de Piracicaba, do Estado de São Paulo e do Brasil, em frente ao seu prédio.

Os vereadores também realizaram um minuto de silêncio por pesar nas audiências públicas desta terça e na próxima reunião ordinária, às 19h30, de quinta-feira (16).

O piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Dedini Gulo também morreram no acidente - Reprodução

O avião

O King Air é fabricado pela empresa norte-americana Beechcraft Corporation, sediada em Wichita, no Kansas. Ela pertence à holdingTextron Company, proprietária de algumas das maiores fabricantes de aviões e helicópteros do mundo, entre elas a Cessna e a Bell.

A Beechcraft é especializada em aviões monomotores e bimotores leves a pistão e aeronaves bimotoras turboélice de pequeno e médio portes. O King Air 360 tem autonomia de voo de até 3.340 e atinge a velocidade de cruzeiro de 578 km/h.

O modelo bimotor tem capacidade para nove passageiros e é um modelo novo, lançado em agosto de 2020.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 17 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/