PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Audiência em Brasília discute projeto do Trem Intercidades

Encontro vai debater a implantação do projeto, cujos investimentos no trajeto previsto, ligando São Paulo a Campinas e chegando a Americana, é da ordem de R$ 7,2 bilhões

O projeto do Trem Intercidades, ligando as regiões de Campinas, Vale do Paraíba, Baixada Santista, Sorocaba e São Paulo, através da malha ferroviária paulista, será discutido em audiência na próxima terça-feira (11), em Brasília (DF).

PUBLICIDADE

A audiência, marcada na Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, vai debater a implantação do projeto, cujos investimentos no trajeto previsto, ligando São Paulo a Campinas e chegando a Americana, é da ordem de R$ 7,2 bilhões.

Pelas projeções, o Trem Intercidades, se implantado de fato, deverá transportar até 68 mil passageiros por dia, o que significaria reduzir o fluxo de veículos pelas estradas, agilizando o deslocamento. O projeto deve ser viabilizado por meio de PPI (Programa de Parcerias de Investimentos).

PUBLICIDADE

Em fevereiro deste ano, a Secretaria de Estado de Logística e Transportes contratou a Deutsche Bahn para a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade, voltado à implantação do Trem Intercidades.

De acordo com o estudo, a composição passará por São Paulo, Jundiaí, Campinas e Americana, em 135 quilômetros de trilhos e nove estações.

PUBLICIDADE

Em setembro último, o governador Márcio França (PSB) anunciou que o projeto começará a funcionar através da extensão da linha já existente da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), entre Campinas e Jundiaí, mas não falou de prazos. O novo trajeto deve durar 1h30 entre Campinas e São Paulo.

Esta semana, o deputado Vanderlei Macris (PSDB), autor do requerimento para a audiência em Brasília, conseguiu confirmar a participação de Tarcísio Gomes de Freitas, atual secretário do PPI da Presidência da República e futuro ministro da Infraestrutura do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

“Tarcísio participou da reunião que fizemos com o presidente Michel Temer no ano passado no Palácio do Planalto e está a par de todo o projeto. Ciente dos gargalos no transporte e nomeado ministro do novo governo, tem muito a acrescentar nesse debate”, disse.

 

 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This