quarta-feira, 28 fevereiro 2024
Para todos

Caixa da Barbie adaptada para usuários de cadeiras de rodas é lançada no Tivoli

Iniciativa partiu da Associação Pernas da Alegria; “é sobre um mundo melhor, isso não é inclusão, isso é amor no coração”, disse a presidente Lilica Amancio
Por
João Victor Viana
Foto: João Victor Viana / Rede TodoDia

Você com certeza sabe que o filme do momento é o da Barbie. Os shoppings estão repletos de pessoas vestidas com roupas da cor rosa e tirando foto dentro da caixa da boneca mais famosa do mundo. Porém, o tamanho da caixa não comportava todos os públicos, por isso, neste sábado (5), uma parceria entre a Associação Pernas da Alegria, o cinema Moviecom e o Tivoli Shopping possibilitou a inclusão das princesas e dos príncipes com carruagem.

A iniciativa partiu da Associação, que levou a ideia aos gestores do cinema e foi prontamente atendida, como relatou a presidente da organização, Lilica Amancio. “Tenho certeza que elas estão muito emocionadas, e estão sentindo o que elas realmente são, muito importantes”, disse ela sobre o sentimento das crianças.

A ação não foi direcionada apenas para as meninas. Meninos e pessoas com mais idade também aproveitaram a inclusão.

Patrícia Domingues, mãe da pequena Elisa que participa de atividades desenvolvidas pela Associação, trabalha com marcenaria e foi a responsável por confeccionar as caixas adaptadas. A decoração ficou a cargo do Shopping.

“Isso que é inclusão. Muitas vezes, eles ficam de fora, de lado, com esse projeto eles estão sempre unidos e participando das coisas”, expressou Patrícia.

Além da caixa adaptada, o dia especial de muitas fotografias e sorrisos foi finalizado com uma sessão privada do filme Barbie para os participantes e os pais.

“Acredito que é o primeiro cinema da região a ter essa iniciativa, e para nós é motivo de alegria. Nós já temos uma vez por mês a sessão para os autistas. A gente espera que através dessa ideia, outros cinemas também possam ter uma ação parecida, onde todo mundo possa curtir o filme e tirar as fotos” afirmou o subgerente do Moviecom, Alan Turci.

Lilica convergiu com o a menção de Turci, e reforçou o pedido para que a iniciativa se espalhe. “A gente espera que a ideia seja copiada por todos os cinemas do Brasil. É sobre um mundo melhor, isso não é inclusão, isso é amor no coração”, complementou.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também