sábado, 25 maio 2024

Causador de acidente alega que usa remédio controlado e teve mal súbito

O causador do acidente que matou um pastor de 28 anos e feriu mais sete pessoas em Santa Bárbara d´Oeste alegou que usava remédio controlado e que teve um mal súbito, o que teria motivado o acidente. Ele foi liberado após o registro da ocorrência policial.

Ele dirigia uma caminhonete Hilux, quando bateu em um veículo Renault Clio e em uma moto Yamaha XTZ 150 Crosser. Na sequência, a caminhonete atingiu clientes de uma pastelaria.

O pastor Jhonnatan Richer Guimarães, 38, residente no bairro Cidade Jardim II, em Americana, estava no local com mais três amigos, quando foi atingido pela caminhonete e morreu. O circuito interno da pastelaria mostrou o momento exato do acidente.

A caminhonete derrubou a marquise do quiosque de pastel e só parou ao atingir um poste, na Rua José Jorge Patrício, no Jardim Mollon, às 17h15 de quarta (30).

Segundo informações da SSP (Secretaria de Segurança Pública), o motorista W.B.S., 54, não tinha condições de falar com os agentes, foi encaminhado a uma unidade médica e, depois de uma nova conversa, apresentou sua versão.

Conduzido até o Plantão Policial, foi ouvido em depoimento, concordou com a retirada de sangue para realizar exame de dosagem alcoólica, para averiguação se estava alcoolizado no momento do acidente.

O funcionário do quiosque, Iago Vincius Duraes Parra, 24, disse ao TODODIA que o motorista estava com a fala pastosa e parecia estar alcoolizado. “Eu tive que retirar ele do carro, ele estava anestesiado de tanto beber. Quando peguei ele,percebi que a testa dele estava sangrando”, relatou.

“Ele (o motorista da Hilux) veio lá de cima, antes da lombada, bateu em uma motociclista que teve as pernas quebradas, em um carro, rampou e subiu a guia da pastelaria, atropelando os clientes. Passou com toda a velocidade, a uns 80 quilômetros por hora”, contou Iago.

O autor responde em liberdade e a autoridade policial aguarda o resultado do laudo para que, se for o caso, tomar outras medidas de polícia judiciária, informou a SSP.

A reportagem do TODODIA estava na delegacia no momento da soltura, no final da noite de quarta-feira (30). “Nada a falar. Só falo com advogado”, afirmou o motorista, que estava com a cabeça encoberta por uma roupa. Apenas balbuciou que teve “vertigem”. Uma parente interveio: “Para de falar”. Em seguida, entrou em um veículo e deixou o local.

Todas as outras sete vítimas do acidente foram atendidas em unidades de saúde em Santa Bárbara e liberadas, informou a prefeitura.

O velório do pastor Jhonatan Guimaraes acontece no templo central da AD Plena Paz, na Avenida Paschoal Ardito, 1.745, no São Vito, em Americana. O sepultamento está marcado para as 16h.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também