PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

DIG de Campinas prende dois homens por tráfico de armas em Alfenas

As armas eram artesanais , mas com alto poder de fogo

Na manhã desta terça-feira (12), policiais civis de Campinas, em conjunto com a Delegacia Regional de Alfenas (MG), prenderam dois indivíduos que comercializavam duas metralhadoras de calibre 40. Os criminosos estavam em uma oficina, onde as armas eram produzidas, em Alfenas.

PUBLICIDADE

As investigações tiveram inicio no ano passado, após a apreensão de armas pintadas de verde-rajado, em Campinas. Elas foram localizadas com integrantes de quadrilhas especializada em roubos a bancos e ataques a carros forte.

Com o trabalho das equipes de Investigação da DIG, os investigadores localizaram um torneiro mecânico, responsável pela fabricação das armas, o criminoso já era conhecido nos meios policiais.

PUBLICIDADE

E na manhã de hoje, os policiais receberam a informação que haveria uma nova transação de armas. Com as trocas de informações entre as Policia Civil de São Paulo e de Minas Gerais, a autoridade Policial Regional de Alfenas obteve mandado de busca judicial onde estava o torneiro mecânico.

No local, os policiais localizaram as duas metralhadoras, – com silenciadores -, uma espingarda de calibre 12, além de diversos simulacros de metralhadoras e de pistolas.

PUBLICIDADE

Além do torneiro mecânico, outro homem também foi localizado no local. ASF e DDSS foram indiciados e encaminhados para a prisão.

Apesar de artesanais, as armas são fabricadas com muita precisão e técnica, com alto poder de fogo. E ao que tudo indica, vinham sendo produzidas em escala industrial e abastecendo quadrilhas  de vários Estados.

As investigações prosseguem com o intuito de apurar possível associação criminosa estabelecida pelos indiciados com as quadrilhas investigadas.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This