Sábado, 28 Mai 2022

Hortolândia tem maior adesão ao isolamento na região

Hortolândia tem maior adesão ao isolamento na região

Hortolândia registrou o maior percentual da região de adesão ao isolamento social no domingo (12), 61%. Foi o que apontou o Simi-SP (Sistema de Monito

Hortolândia registrou o maior percentual da região de adesão ao isolamento social no domingo (12), 61%. Foi o que apontou o Simi-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente) do governo de São Paulo, desenvolvido a partir de dados fornecidos pelas empresas de telefonia. No Estado, o percentual foi de 59% de adesão no domingo nas cidades analisadas. O serviço começou no último dia 8 de abril. 

Em Americana, a adesão foi de 58% e, em Sumaré, 57%. Nova Odessa e Santa Bárbara d'Oeste não entram no levantamento. Em todos os dias de medição, Hortolândia teve o maior índice de isolamento entre as três cidades da região, menor também que os de Campinas (veja quadro ao lado). 

O coordenador do Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo, o médico infectologista David Uip, disse, em nota, que a adesão ideal para controlar a disseminação da Covid-19 é de 70%. 

Se a taxa continuar abaixo deste número, a quantidade de leitos disponíveis no sistema de saúde não será suficiente para atender a população, informou o governo do Estado. 

Segundo a Prefeitura de Hortolândia, o Comitê de Enfrentamento e Prevenção à Pandemia de Hortolândia monitora diariamente os dados de contágio e atua de forma ágil para tomar decisões administrativas, aprimorar as medidas já adotadas, incorporar boas práticas e ações inovadoras para orientar a população e proteger a vida dos cidadãos. 

"A administração está ciente da necessidade de diminuir o número de pessoas em circulação para evitar o crescimento exponencial do contágio pelo coronavírus", informou, em nota. 


ESTADO GARANTE PRIVACIDADE 

A central de inteligência analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social, informou o governo estadual.  

Com isso, é possível apontar em quais regiões a adesão à quarentena é maior e em quais as campanhas de conscientização precisam ser intensificadas, inclusive com apoio de prefeituras.  

O Simi-SP foi viabilizado por acordo com as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e Tim para o Estado consultar informações sobre deslocamento nos 645 municípios paulistas. O sistema já monitora 52 cidades acima de 100 mil habitantes, um aumento de 12 cidades em relação ao último balanço de ontem.  

As informações são reunidas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário, informou o Estado.  

Os dados de georreferenciamento servem para aprimorar as medidas de isolamento social para enfrentamento ao coronavírus, explicou o Estado. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 28 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/