domingo, 19 maio 2024
RECLAMAÇÃO

Moradores do Jardim Santa Fé, em Santa Bárbara d’Oeste, reclamam do descaso com áreas verdes e pedem atenção da prefeitura

A equipe do TODODIA foi ao local para ouvir os moradores e solicitar o posicionamento da administração pública sobre o tema
Por
João Victor Viana e Renato Pereira
Foto: Wagner Max/TV TODODIA

Nos últimos dias, moradores do bairro Jardim Santa Fé, região do Parque Zabani, em Santa Bárbara d’Oeste, procuraram a equipe da TV TODODIA para reclamar do abandono de áreas verdes da região, que estão com mato alto e enorme quantidade de lixo descartado indevidamente. Isso tem causado transtorno, mau cheiro, aparição de animais peçonhentos e aumento do risco de doenças a quem mora nas redondezas.

O maior foco do descaso se encontra na Rua Plácido R. Ferreira entre as ruas Walter Landucci e João Lopes Machado Filho. No local, é possível ver todos os tipos de materiais descartados, como sofás, sapatos, papelões, madeiras e muitas outras, além, claro, de um mato alto ao redor.

“Diversos vereadores já vieram aqui com as suas assessorias, falaram que iam tomar providência, mas não tomaram a providência. Eles fazem o pedido, mas a prefeitura não vem aqui”, relatou o morador André Luís de Oliveira.

Além de André, quem também reclama é Margarida Moreira, que já foi presidente da associação do bairro, entre 2002 e 2010, quando o espaço ainda não tinha sido cedido aos moradores – concessão que foi feita há 14 anos. Ela conta que já fez muitas solicitações, reclama que os cuidados estão precários e os problemas são grandes.

“A gente pede para dar uma atenção para o povo aqui, nós somos eleitores. Eu mesmo pago IPTU, até minha filha falou: mãe, a senhora tem 62 anos, pode ficar isenta. Eu falei: não, vou pagar porque eu quero ter os meus direitos”, contou.

Entre as principais consequências negativas relatadas estão: o mau cheiro pelo bairro e a proliferação de diversos tipos de animais, como aranha, ratos, escorpiões e mosquitos, que podem causar doenças. Os moradores acreditam que a instalação de caçambas para descarte seria uma maneira de, pelo menos, diminuir o problema.

O lixo está presente, inclusive, ao redor da escola do bairro, causando um grande perigo as crianças que passam pelo local todos os dias.

OUTROS PROBLEMAS PELO BAIRRO

Além do mato e da sujeira, os moradores reclamam da qualidade do serviço de recape feito na rua, que conta com inúmeros buracos e trechos de via irregular. A região também sofre com a quantidade de sobra de fios de operadoras de telefonia. Os cabos se acumulam nos postes de ao menos dois quarteirões.

“O pedido principal é que a prefeitura não olhe só para um bairro, mas para todos os bairros. Não adianta eu passar no centro da cidade e ver a rua ‘pintadinha’, ver a sinalização de solo bonita, e o bairro estar deixado de lado. A comunidade e a periferia não está sendo limpa, não está sendo organizada”, disse André. Ele lembra ainda que a limpeza dos terrenos foi feita há cerca de um ano e meio.

Foto: Wagner Max/TV TODODIA

POSICIONAMENTO DA PREFEITURA

A equipe da TV TODODIA entrou em contato direto com a prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, questionando sobre o assunto.

Por meio de nota, a administração pública disse que “a limpeza de áreas por toda a cidade é feita de forma rotineira, seguindo cronograma. A ação na referida área está programada para os próximos 10 dias. Vale ressaltar, que próximo ao bairro existe o Ecoponto do Planalto do Sol 2 para o descarte correto de entulho e materiais sem uso. Descarte irregular pode ser denunciado junto à Guarda Municipal pelo telefone 153 e 3458-1388”.

Já sobre o asfalto, a nota traz ainda que “a demanda foi encaminhada para o setor responsável para avaliação e providência”.

Por fim, em relação aos cabos pendurados nos postes, a prefeitura informou que “já notificou a CPFL para que providências necessárias sejam tomadas”.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também