quarta-feira, 24 abril 2024

Nova ponte sobre Córrego Capuava vai custar R$ 1,3 milhão

Com o risco de desabar, a passagem foi interditada no último dia 10 de março pela Secretaria de Obras e Planejamento, Defesa Civil Municipal e Setor de Trânsito de Nova Odessa

PONTE | Estrutura oferece riscos e será reconstruída (Foto: Prefeitura de Nova Odessa / Divulgação)

A Prefeitura de Nova Odessa informou nesta quarta-feira (6) que contratou a empresa que será responsável pela construção de uma nova ponte Rua Sigesmundo Andermann, sobre o Córrego Capuava, ao lado do Ginásio de Esportes do Jardim São Manoel.

A passagem existente no local corria risco de desabar e por isso foi interditada no último dia 10 de março com defensas de concreto e cavaletes pela Secretaria de Obras e Planejamento, Defesa Civil Municipal e Setor de Trânsito do Município.

Contratada emergencialmente através da Lei Federal nº 8.666/1993 (a “Lei das Licitações”), a Motto Construções Eireli cobrou o menor valor, de R$ 1.380.852,59.

O prazo previsto para a obra, a partir da emissão da ordem de serviço, é de três meses.

Segundo a Defesa Civil, havia “risco real e perigo eminente da ruptura do local”, que interliga vários bairros.

A nova ponte vai ser construída com base na instalação de aduelas, estruturas de concreto armado que são um tipo de galeria de águas pluviais ‘gigante’, e não mais com tubulação aterrada como ocorria até então, o que limita o fluxo das águas do córrego, causando alagamentos e, a longo prazo, colocando a própria passagem em risco de desabamento, como aconteceu.

Em função da interdição da passagem, bem como das obras que devem começar nos próximos dias, os motoristas devem manter a atenção redobrada ao passar pelas proximidades do ginásio e respeitar a sinalização provisória existente nas proximidades, e jamais tentar cruzar a ponte em obras. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também