terça-feira, 27 fevereiro 2024

Prefeitura rastreia frota municipal pela internet

Nova Odessa implanta sistema de controle nos cerca de 160 veículos 

RASTREAMENTO | Frota ganha sistema de controle (Foto: Prefeitura de Nova Odessa / Divulgação)

A Prefeitura de Nova Odessa acaba de adotar um novo sistema online de monitoramento do uso dos veículos que integram a frota municipal. O sistema, chamado VTRAK Rastreamento e fornecido pela empresa Web Rast, traz uma série de avanços e,  segundo a administração,introduz ferramentas de  controle sobre os cerca de160 veículos da prefeitura, dos carros às máquinas pesadas.
Em cada veículo, é instalado um sensor que libera ou não a ignição e o uso do bem móvel, que é acionado por um chaveiro individual, vinculado a cada motorista habilitado e autorizado a conduzir aquele tipo de veículo da frota.
Todas as informações são então passadas em tempo real ao sistema, que é baseado na internet e pode ser acessado, com usuário e senha também individuais, pelos gestores autorizados a fazer o monitoramento, por celular, tablet ou computador. O sistema permite, inclusive, o bloqueio remoto da ignição.

A prefeitura não informou o valor investido na implantação do sistema.

“Cada gestor vai ter acesso online e em tempo real aos veículos do seu departamento, vai poder verificar por onde cada veículo
andou, quem estava ao vo
lante a cada momento, etc. É um nível controle e transparência que nunca houve antes na frota da Prefeitura de Nova Odessa”, afirmou o diretor de Transportes , André Gazzetta.

Segundo ele, juntamente com o sistema de abastecimento implantado em agosto de 2021, e o sistema de requisição de serviços
de mecânica online que
está operante desde a semana passada, agora toda a parte de transporte, manutenção e controle da frota está informatizada.

“Com esses três sistemas juntos, temos o controle total da frota a um simples apertar de tecla por parte do gestor”, concluiu.

TAGS
Desde agosto de 2021, a frota municipal já conta com um novo e moderno de abastecimento dos veículos via “tags RFId” (etiquetas individuais de rádio frequência). O novo sistema funciona assim: “tags” (etiquetas) com chips foram coladas em todos os veículos da frota municipal. A etiqueta é “lida” por uma máquina de cartão pelos frentistas dos postos credenciados. O aparelho já identifica o veículo e se ele está autorizado a proceder com o abastecimento de combustível.
O condutor deve então informar sua matrícula e senha pessoal, juntamente com a quilometragem atual do veículo.
Assim, o abastecimento é feito e todas as informações são registradas no sistema.

“Trata-se de um processo mais simples, sem papel, sem requisição e muito mais seguro e controlável, que traz maior transparência ao processo de abastecimento da frota, já que os gestores têm todas as informações ao celular, o tempo todo”, explicou Gazzetta.
Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também