sábado, 15 junho 2024

Programa de arborização ‘Escola da Vida’ já plantou 160 árvores em escolas públicas

Os plantios contam sempre com a participação de alunos da própria escola beneficiada 

Foto: Divulgação

O Projeto “Escola da Vida”, iniciativa de arborização das escolas públicas executado pela Prefeitura de Nova Odessa e pelo vereador Professor Antonio desde o início deste ano, já promoveu o plantio de 160 mudas de árvores próprias para calçamento no interior e no entorno de escolas da rede pública de Ensino da cidade. A ação mais recente foi realizada na quinta-feira (15/12), com o plantio de 12 mudas de árvores nas calçadas da EE (Escola Estadual) Alexandre Bassora, no Jardim Planalto.

O projeto visa recompor a arborização das partes interna e externa das escolas públicas municipais e estaduais num trabalho conjunto com as secretarias de Educação e de Meio Ambiente, com o apoio da Coden Ambiental.

Quando ocorrem na parte interna, como no caso da “EE Bassora”, os plantios contam sempre com a participação de alunos da própria escola beneficiada, servindo como forma de incentivo à conscientização ambiental de cada um.

Além disso, depois que a muda é plantada (principalmente nas calçadas), as equipes colocam uma gaiola protetora de madeira, cujas unidades são produzidas pela equipe de Marcenaria da própria Prefeitura de Nova Odessa, que fica na Garagem Municipal (sede da Diretoria de Serviços Urbanos).

“Só temos a agradecer o prefeito Leitinho (Cláudio Schooder), ao vice Mineirinho (Alessandro Miranda) e à secretária de Meio Ambiente (Aryhane Massita) e ao servidor Edson Peres, que têm apoiado essa ação ambiental. Cada árvore plantada é um ar-condicionado natural”, destacou o vereador Professor Antonio.

Deflagrado em janeiro deste ano, o programa já promoveu o plantio de diversas mudas de árvores de espécies nativas da flora brasileira, adequadas a calçamento público, no entorno e no interior das unidades de Ensino das redes públicas municipal e estadual da cidade.

Estão na lista a ETEC (Escola Técnica Estadual) Ferrúcio Humberto Gazzetta, no Jardim Capuava, a EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Professora Haldrey Michelle Bueno, no Jardim São Manoel, a EMEFEI (Escola Municipal de Ensino Fundamental e Educação Infantil) Vereador Osvaldo Luiz da Silva, no Jardim Marajoara, o CMEI (Centro Municipal de Educação Infantil) Professora Maria Cecilia Borriero Milani, no Green Village, e CMEI Maria Estela, no Jardim Capuava.

Na maioria das vezes, foram utilizadas mudas de oiti, árvore considerada adequada para ser plantada em calçadas e que gera boa quantidade de sombra, ajudando no conforto de pais e alunos, principalmente nos meses mais quentes do ano escolar.

“As atividades visam conscientizar a comunidade sobre a importância de preservar os diferentes tipos de ecossistemas, criar mudanças nos hábitos de consumo e estimular ações voltadas à preservação”, destacou o secretário de Educação, José Jorge Teixeira.

Todas as mudas utilizadas nos plantios deste programa são do Viveiro Municipal, administrado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente – outra parceira da iniciativa. Alguns dos plantios em escolas também foram programados para coincidirem com a programação de datas relacionados à proteção do meio ambiente.

O balanço deste programa é automaticamente incluído no total de mudas plantas pela atual gestão em seu programa de recuperação da arborização urbana da cidade. “Conseguimos perceber que as crianças se engajam muito com a ação, essa nova geração é muito atenta e participativa com temas como a causa animal e, principalmente, o meio ambiente”, disse o assessor da Prefeitura Edson Peres, que auxilia no cronograma de plantios. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também