terça-feira, 28 maio 2024

Ocupação de leitos de UTI volta a subir no DRS-Campinas

A taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados a pacientes com coronavírus voltou a subir na região ontem. No DRS (Departamento Regional de Saúde) Campinas, os casos e internações, que vinham aumentando, caíram. Mas a taxa de ocupação preocupa pelo crescimento.

Desde a semana passada, o número vem crescendo gradativamente. Na sexta-feira (11), a taxa chegava a 61% e avançou para 63,9% na segunda (14). Ontem, atingiu 65,5%. A taxa de ocupação de leitos de enfermaria é de 46,5%. Foram 118 novas internações de pacientes infectados ou suspeitos, uma variação semanal de 2,7%.

O DRS Campinas chegou a 140.986 casos, uma queda de 1,6% na variação semanal, sendo 3.992 óbitos, com variação semanal de 8,7%. As informações são da Fundação Seade, órgão estadual responsável pelos dados da pandemia.

Na segunda-feira (14), estudo técnico da PUC Campinas destacou a queda de casos na última semana no DRS Campinas. Desde 30 de novembro a região e todo o estado voltaram à fase amarela do Plano São Paulo, para tentar coibir uma possível segunda onda. Na região de Americana, a taxa de ocupação ainda não preocupa, mas o estado é de alerta.

MORTES

Em Americana, foi confirmada uma morte e 19 casos ontem. A vítima é um idoso de 74 anos, morador do Zanaga, que faleceu segunda-feira (14), em hospital particular, e tinha doença cardíaca. Americana também registrou 66 novos casos suspeitos, sendo um óbito e dez pacientes internados.

Americana chegou a 7.378 casos, com 191 óbitos e 14 internados, além de 143 casos suspeitos, sendo dois óbitos e 40 internados.

A Secretaria de Saúde informou que a ocupação na cidade é de 39% com respiradores (de 56 no total, 22 estão ocupados) e de 42% sem respiradores (de 71 no total, 30 estão ocupados). Apenas no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, é de 47% com (de 17 no total, oito estão ocupados) e 72% sem (de 18 no total, 13 estão ocupados).

Hortolândia teve 49 casos e duas mortes, chegando a 5.540 infectados, com 169 óbitos, além de 29 pacientes internados. As vítimas eram dois homens, com comorbidades, de 61 e 90 anos, que estavam internados na Unidade Respiratória local.

Santa Bárbara teve 32 casos e uma morte, de uma mulher de 80 anos, da região do Jardim Esmeralda. São 7.268 infectados, com 208 óbitos. A prefeitura não informou o número de internados.

Sumaré voltou, desde quinta (10), a divulgar diariamente o boletim epidemiológico. O último boletim divulgado, de segunda (14), quando foi registrado um óbito e 21 casos, totaliza 7.566, com 272 óbitos. Há 63 pacientes internados.

Nova Odessa confirmou 34 casos e foi a 1.465, com 56 óbitos. São 14 pacientes internados em UTI na região e cinco na cidade.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também