terça-feira, 23 abril 2024
FEBRE MACULOSA

Paulínia confirma o primeiro caso suspeito e Hortolândia mais cinco suspeitas

A Prefeitura de Paulínia informou, nesta segunda-feira (19), que um morador da cidade está em tratamento medicamentoso em “bom estado” e aguarda análise laboratorial
Por
Henrique Fernandes
Foto: Reprodução

O número de casos suspeitos de febre maculosa na região cresce a cada semana. Nesta segunda-feira (19), a Prefeitura de Paulínia informou que há um caso suspeito de febre maculosa de um morador da cidade que está “em tratamento medicamentoso” e “em bom estado”. Ele esteve na Chácara Santa Margarida, em Campinas, e o Instituto Adolfo Lutz investiga a suspeita.

“Trata-se de um paciente em investigação laboratorial, que está em tratamento medicamentoso e encontra-se em bom estado geral. O mesmo está sendo monitorado pelas autoridades sanitárias do município de Paulínia”, informou a Secretaria Municipal de Saúde, através de nota.

De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde de Paulínia, outro caso suspeito foi registrado pela cidade na última quarta-feira (14). É um morador de Cosmópolis, sem vínculo com a fazenda e o monitoramento do paciente está sendo realizado pela Prefeitura de Cosmópolis, que foi procurada pela reportagem, mas não respondeu até o momento.

A Secretaria de Saúde de Hortolândia informou na tarde da última sexta-feira (16) que investiga mais cinco casos suspeitos de febre maculosa entre moradores que estiveram na fazenda, em Campinas.

“A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Saúde, informa que o município está acompanhando a evolução clínica de cinco moradores que estiveram presentes recentemente em eventos na Fazenda Santa Margarida em Campinas”, informou por meio de nota.

O caso que estava em investigação no município, foi notificado pelo município de Paulínia, o paciente não esteve presente na Fazenda Santa Margarida e após análise de exames constatou-se que não havia contaminação por Febre Maculosa.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também