Paulo Skaf teve sua maior votação em Jaguariúna

Candidato ao Governo do Estado recebeu 32,53% dos votos no município

Jaguariúna foi a cidade da RMC (Região Metropolitana de Campinas) que deu o maior índice de votos a Paulo Skaf, candidato do MDB, que ficou na terceira colocação pela disputa ao Palácio dos Bandeirantes. O prefeito, Gustavo Reis (MDB), atribui o resultado ao sistema Sesi (Serviço Social da Indústria) / Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e também à sua campanha pessoal por Skaf.

 

Em Jaguariúna, Skaf teve 32,53% dos votos, João Doria (PSDB) teve 32,80% e Márcio França (PSB) 13,11%. Além de Jaguariúna, apenas em Engenheiro Coelho o candidato também alcançou a casa dos 30%, tendo recebido 30,41%. Nas demais ele ficou abaixo dos 20% dos votos.

 

Reis diz que a votação de Skaf foi expressiva no município por conta do Sistema Sesi/Senai. “O Skaf acabou ajudando muito todos os municípios do estado através do sistema Sesi/Senai, acabou ajudando muito o Estado de São Paulo. O Skaf tem uma ligação com a cidade de Jaguariúna. É um filho da cidade, recebeu o título de cidadão por ter trazido o Senai para a cidade”, avaliou.

 

O prefeito lembrou que Skaf é seu amigo pessoal há mais de 15 anos. “É meu amigo pessoal há mais de 15 anos. Acho que a gente soube comunicar para a população a importância de uma pessoa que fez uma verdadeira transformação no sistema de educação no Sesi/Senai e que seria importante essa renovação para o estado. Acho que nós conseguimos dar uma contribuição boa de comunicação e Jaguariúna acabou atendendo a um pedido meu de voto de confiança no Skaf. (Meu) capital pessoal ajudou sem dúvida, sem dúvida”, admitiu.

 

Segundo ele, o estado perdeu a oportunidade ter “um grande governador” que poderia transformar o Estado de São Paulo. “Infelizmente por pouquíssimos votos não chegou no segundo turno. Uma pena. Jaguariúna soube reconhecer o valor dele e deu a maior votação dele na RMC”, disse.

 

Gustavo ainda não declarou a quem vai apoiar no segundo turno das eleições para governador. “Temos que esperar um posicionamento do partido no estado. Eu sou um soldado do partido. Para presidente nosso candidato foi Henrique Meireles (MDB) e estamos esperando o partido para nos posicionar”, concluiu.

Pin It on Pinterest

Share This