sexta-feira, 12 julho 2024
DRENAGEM E DESASSOREAMENTO

Prefeitura de Nova Odessa começa processo de recuperação do zoológico municipal

Parque Isidoro Bordon está há mais de uma década fechado e em processo de deterioração; Prefeitura Municipal se compromete com as reformas
Por
Isabela Braz
Foto: Divulgação/Prefeitura de Nova Odessa

A Prefeitura de Nova Odessa deu os primeiros passos para a recuperação do Parque Ecológico Isidoro Bordon, que se encontrava fechado e em processo de deterioração, nesta segunda-feira (28). A primeira etapa do processo de revitalização do zoológico municipal foi iniciada por meio da drenagem e o desassoreamento da represa interna.

Desde 2021, o prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho (PSD), vem buscando formas de viabilizar economicamente as diversas etapas de recuperação necessárias, de forma que ele possa ser reaberto ao público em breve.

A represa foi reduzida praticamente a um pequeno espelho d’água ao longo da última década, durante a qual o local permaneceu fechado e em processo de deterioração de sua infraestrutura de visitação. Mesmo fechado ao público desde os anos 2010, a equipe do Zoológico Municipal cuida de quase 100 animais silvestres, incluindo a manutenção dos recintos.

O trabalho vem sendo feito por equipes da própria Prefeitura, sob coordenação da Defesa Civil Municipal. Foi preparada ainda uma operação para salvamento e remoção dos poucos peixes existentes no local, que serão transportados para outro reservatório recuperado recentemente pela Prefeitura e Coden Ambiental – a represa do Bosque Manoel Jorge, no Jardim Santa Rosa.

Após ser esvaziada, a Prefeitura contratará via licitação uma empresa especializada para fazer o desassoreamento – a remoção do material sólido e retirada da vegetação acumulada no leito do reservatório. Nesta primeira etapa de recuperação, o município está investindo R$ 150 mil

Segundo a secretária municipal de Meio Ambiente, a engenheira ambiental Aryhane Massita, o desassoreamento deve durar em torno de 40 dias até a sua conclusão, e então a represa vai estar apta a voltar ao seu processo de enchimento novamente.

Feito isto, a próxima etapa prevista é o início da revitalização da calçada externa do Parque Ecológico, para melhorar e modernizar as condições de acessibilidade, “visto que com o tempo e o crescimento das árvores do entorno, a mesma acabou por ser danificada em quase a sua totalidade”. As demais etapas da reforma interna aguardam viabilização e investimentos.

O ZOO

Fundado em dezembro de 2004, o Zoológico Municipal nunca recebeu uma reforma ou revitalização abrangentes, mas ainda é referência na região por causa de seu esforço no cuidado e tratamento dos animais do seu plantel.

Os animais recebem alimentação balanceada e atendimento veterinário 24 horas. Além disso, os animais continuam com seus ciclos de reprodução normalmente, como aconteceu no início do mês de setembro, com o nascimento de uma arara-canindé no espaço.

Atualmente, o Parque Ecológico tem em seu plantel cerca de 100 animais de espécies diferentes, como tucano, jacaré, jabuti, tigre d’água brasileiro, gato do mato, ema, macaco-prego, cachorro do mato, sagui, veado e araras.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também