Domingo, 17 Outubro 2021

PS Edison Mano retoma atendimentos de urgência e emergência neste sábado

PS Edison Mano retoma atendimentos de urgência e emergência neste sábado

Unidade de Santa Bárbara d´Oeste adota a medida em função da diminuição de internações por Covid -19 em leitos de UTI  

A partir deste sábado (11), o Pronto Socorro Edison Mano, em Santa Bárbara d'Oeste, retomará os atendimentos de urgência e emergência em geral. A medida ocorre devido à diminuição dos percentuais de internações por Covid-19 em leitos de UTI - com respiradores e clínicos - verificada nas últimas semanas.

A parte superior do PS, localizado na Vila Maria, retomará os atendimentos de urgência e emergência, enquanto no piso inferior será mantida uma ala de suporte para atendimentos de sintomas gripais. O objetivo é desafogar o PS Afonso Ramos, que continuará atendendo casos urgência e emergência, além de toda a demanda de pediatria.

De acordo com a prefeitura, caso seja necessário, os casos suspeitos de Covid-19 atendidos no PS Edison Mano serão direcionados para o Hospital de Campanha (casos leves e moderados) e Hospital Santa Bárbara (casos graves). Já os atendimentos de urgência e emergência pediátrica permanecem sendo realizados no PS Afonso Ramos.

Desde o início da pandemia da Covid-19, Santa Bárbara d'Oeste ampliou sua rede pública de saúde, com a implantação do Hospital de Campanha e a criação do Complexo Covid-19 envolvendo o Hospital Santa Bárbara e o Pronto Socorro Edison Mano.

Para atendimento exclusivo de casos da Covid-19, Santa Bárbara possui ao todo 108 leitos, sendo 26 de UTI, 32 com respiradores e 50 clínicos, distribuídos entre o Hospital Santa Bárbara, Hospital de Campanha e Edison Mano.

Somente no Hospital de Campanha, em pouco mais de um ano, 1.030 pacientes foram recuperados e retornaram para suas casas. "Nossa Saúde foi capaz de enfrentar a pandemia sem que ninguém deixasse de ser atendido, em um momento difícil e determinante que buscamos oferecer e ofertar a melhor estrutura de atendimento às pessoas, para que pudessem ser tratadas e voltassem para suas famílias. Somente o Hospital de Campanha permitiu que mais de 1 mil pessoas voltassem para suas famílias", disse o prefeito Rafael Piovezan (PV).

Como parte desta estrutura, durante esse período mais crítico da pandemia, o PS Edison Mano passou a atender única e exclusivamente casos relacionados à Covid-19. "Com o avanço da vacinação e a diminuição dos percentuais de ocupação dos leitos de UTI, leitos com respiradores e clínicos, decidimos que o Pronto-Socorro Edison Mano voltará a atender com segurança as demandas de urgência e emergência", afirmou Piovezan.

A Prefeitura destaca a importância da adesão da população à vacinação, o uso contínuo de máscaras, a higienização constante das mãos com água e sabão ou álcool em gel, manter o distanciamento social e evitar aglomerações.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 17 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/