terça-feira, 23 abril 2024

Sucessão de Andia tem briga de novatos em SBO

Uma nova safra de candidatos disputa as eleições para a prefeitura de Santa Bárbara d´Oeste. Os cinco pré- -candidatos nunca concorreram ao cargo. A relação dos nomes foi conseguida com as lideranças partidárias locais, na segunda reportagem da série do TODODIA sobre a sucessão na região. Os postulantes estão de olho na cadeira de Denis Andia (PV), que está no segundo mandato e não pode disputar a reeleição.

O próprio Andia inaugurou a renovação política na cidade, vencendo a eleição em 2012 e desbancando velhos caciques da cena barbarense. Os partidos consultados pela reportagem estão na fase de montagem de chapas completas para vereador. Serão 20 candidatos do sexo masculino e nove feminino, sem direito a coligações.

DA CÂMARA

Depois de dois mandatos como vereador, o médico José Antonio Ferreira, o “Dr. José”, 57 anos, (PSDB), vai testar sua popularidade nas urnas em outubro, para um cargo ainda maior. O nome do candidato a vice-prefeito na chapa tucana ainda não está definido. Saúde e geração de emprego serão suas prioridades. Outro vereador que deve concorrer ao pleito é o presidente da Câmara, Felipe Sanches (PSC), que confirmou que a própria pré-candidatura, mas estuda trocar de legenda na janela partidária. “Por enquanto estamos tendo conversas com vários partidos. Recebi vários convites, que chegaram dos diretórios”, afirmou. Ainda não existe debate para coligações, ou para indicação do vice.

DO RÁDIO

Depois de obter 16,3 mil votos na eleição para deputado estadual em 2018, dos quais 12,2 mil somente em Santa Bárbara, o radialista Marcos Fontes (PSL), acredita que passou no “primeiro teste” e vai concorrer à prefeitura. O discurso será pela renovação e transformação. As prioridades serão segurança, saúde e geração de empregos. Filho do vereador Carlos Fontes (PSL), Marcos será o político mais novo a concorrer no pleito. Tem 23 anos. Outra surpresa neste pleito será a candidatura do empresário do ramo de restaurantes Gustavo Antoniassi (PTB), jornalista de formação e também radialista.

Ele confirmou ao TODODIA sua pré-candidatura. “Fiquei extremamente lisonjeado com o convite feito pelo diretório estadual para fazer parte de um projeto sério e de futuro para nossa cidade”, disse.

DA SITUAÇÃO

Denis Andia (PV) é o padrinho político do seu vice, Rafael Piovesan (PV), diretor do DAE (Departamento de Água e Esgoto), e já assumiu publicamente que apoia seu afilhado na sucessão. “Eu quero ser eleito e continuar um trabalho que vem dando certo na administração da cidade”, afirma Piovesan. O partido ainda analisa a movimentação dos outros partidos e pretende, no caso, até definir o nome do candidato a vice em uma coligação. “A gente pretende manter a sintonia com tudo o que já foi conquistado”, afirmou.

Bastidores sugerem candidatos veteranos

Apesar dos nomes confirmados na briga pela prefeitura, muita água vai rolar até julho, início das convenções partidárias. E nomes muito conhecidos do eleitorado aparecem nas rodas como virtuais candidatos. O presidente da executiva do PSD, Paulo D´Elboux disse que o partido ainda não definiu o nome. O ex-vereador Fabiano Pinguim (Democratas) é muito citado nos bastidores, mas até agora não se manifestou. Outros nomes comentados pela cidades são os dos ex-prefeitos José Maria de Araújo Júnior, Mário Heins, Adilson Basso e Álvaro Correa, Os debates seguem quentes.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também