terça-feira, 23 abril 2024
NO PAÍS DO CARNAVAL

Fevereiro + Folia + Respeito

Desde 1930, o Carnaval é a festa mais tradicional do Brasil e não à toa, nosso país também carrega o codinome de País do Carnaval.
Por
Carla Mendrot
Foto: Ilustrativa

Cores, samba enredo, axé, fantasias e sorriso no rosto, é assim que brasileiro nato vive o mês de fevereiro. Para alguns o carnaval é considerado a festa da carne ou de cultura pagã, e para trazer a luz a veracidade sobre o tema, conversei com o professor e filósofo Marcos Dutra, que destaca a origem do carnaval.

“O carnaval é uma festividade popular, na sua história se pegarmos as ciências sociais, a história que conversa muito com a filosofia nós vamos ver que os egípcios, uma grande civilização africana do mundo antigo, tinham uma festa que se assemelha ao que hoje chamamos de carnaval. Eles celebravam a passagem do inverno para a primavera, reverenciando suas divindades e celebrando a fatura e a colheita”

Um outro ponto ganha destaque no comentário do filósofo:
“Na Europa cristã, essa festividade pagã, ela vai se delinear em torno da preparação para o que depois vai ser a quaresma, um período em que na liturgia católica prepara os cristãos para a páscoa e tem o jejum como um gesto forte desta liturgia. Então o carnaval seria um momento de festividade social para a preparação desse tempo que viria depois, tanto que a palavra carnaval vem da junção de duas palavras latinas, carna + vale = Adeus a carne, por isso que na festividade do carnaval primitivo, celebrava-se com muita fartura porque depois das festas viria o jejum”, orienta.

Para os chegados da folia, o carnaval é tão somente um momento de festa para curtir e extravasar com alegria.

“No Brasil um país de dimensões continentais, nós percebemos que o carnaval é celebrado de diversas maneiras, nós temos as escolas de samba em São Paulo e Rio de Janeiro, o frevo no nordeste, os trios elétricos em Salvador e esse carnaval moderno e contemporâneo que nós presenciamos e que é um momento de encontro das pessoas, das famílias, que aproveitam esses dias para festejar juntas”, enfatiza o professor Marcos.

Aos olhos do especialista, a filosofia entende o carnaval como uma manifestação da cultura humana, e enquanto cultura carrega um conjunto de valores, princípios e ideias próprias de uma sociedade.

Em suma, vale ressaltar que a alegoria principal é vestir-se de RESPEITO e Alegria.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também