terça-feira, 25 junho 2024
ASSISTÊNCIA SOCIAL

Santa Bárbara celebra um ano do serviço de acolhimento ‘Ninho’

Programa possibilita cuidado temporário, em casas de famílias acolhedoras, para crianças, adolescentes ou grupo de irmãos de 0 a 18 anos
Por
Redação

O Ninho – Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora completou um ano de atividades em outubro. A data foi celebrada em evento realizado pela Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste no Anfiteatro Municipal “Detinha Dagnoni” e reuniu autoridades do Município, famílias acolhedoras de Santa Bárbara d’Oeste, representantes dos programas de acolhimento das cidades de Americana e Valinhos, além de convidados.

O programa possibilita cuidado temporário, em casas de famílias acolhedoras, para uma criança, adolescente ou grupo de irmãos de 0 a 18 anos que no momento não podem permanecer na sua família de origem, por determinação judicial.

Lançado em outubro de 2022, o Ninho seleciona e prepara famílias para oferecer atenção adequada para cada criança e adolescente que permanecer sob seus cuidados, proporcionando uma experiência de segurança e afeto em um momento difícil de suas vidas, até que possam retornar para sua família de origem ou, quando isso não for possível, ser encaminhada para adoção.

“O Ninho é um dos programas mais belos e mais transformadores em nossa sociedade. Ele oferece amor, carinho e respeito para o desenvolvimento de crianças e jovens no momento mais difícil da vida delas. O sentimento de cada família acolhedora vai muito além daquilo que muitas vezes a gente consegue entender. Que todos nós, juntos, possamos entregar o que há melhor para quem mais precisa”, disse o prefeito Rafael Piovezan.

SERVIÇO
O Ninho nasceu a partir da necessidade de se viabilizar a modalidade de acolhimento em família acolhedora de crianças e adolescentes em situação de risco, fazendo parte de uma gama de serviços vinculados à proteção.

Trata-se de um Serviço de Acolhimento Provisório que compõe a Proteção Social Especial de Alta Complexidade, na modalidade Acolhimento Familiar, representando um avanço histórico na oferta de acolhimento. Em Santa Bárbara o serviço ganhou o nome “Ninho” que, como seu próprio nome diz, significa lugar de proteção, aconchego e retorno às origens.

Para ser uma Família Acolhedora no Município é preciso atender os requisitos mínimos: ser maior de 18 anos, ter no mínimo 16 anos de diferença com o acolhido, ser morador de Santa Bárbara, ter a aceitação de todo o grupo familiar com a proposta de acolhimento, não apresentar problemas psiquiátricos, de dependência de substâncias psicoativas e não estar respondendo processo judicial, ter disponibilidade para participar do processo de habilitação e das atividades do serviço e não estar inscrito no Cadastro Nacional de Adoção.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também