segunda-feira, 4 março 2024
7ª EDIÇÃO

Jogos Parapan-Americanos terminam com a melhor campanha brasileira na história

Líder do quadro de medalhas, o Brasil conquistou 343 medalhas, sendo 156 ouros, 98 pratas e 89 bronzes
Por
João Victor Viana
Marcelo Conceição e Rodolfo Renato Cano, atletas de Badminton (Foto: Miriam Jeske/CPB)

Os Jogos Parapan-Americanos de Santiago, no Chile, terminaram neste domingo (26), e a delegação brasileira encerrou sua melhor participação com a melhor campanha da história. Os brasileiros subiram 343 vezes no pódio (156 ouros, 98 pratas e 89 bronzes).

Líder do quadro de medalhas, o Brasil conquistou 177 medalhas a mais que o segundo colocado que foi o Estados Unidos com 166 no total (55 ouros, 58 pratas e 53 bronzes). O Top 5 ainda teve Colômbia (161 medalhas), México (125 medalhas) e Argentina (113 medalhas).

Para estabelecer um novo recorde, os atletas brasileiros no Chile conquistaram 35 medalhas a mais do que na edição passada, em 2019, em Lima, no Peru.

O bicampeão paralímpico de futebol de cegos e presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Mizael Conrado, comemorou o feito. “O resultado foi extraordinário. Sabíamos que era um grande desafio fazer uma campanha melhor que Lima, mas nossa delegação superou todas as marcas de todos os tempos. Tivemos uma participação muito importante nos Jogos, com atletas jovens – 40% deles disputaram a competição pela primeira vez. Mais de 100 medalhas foram conquistadas por jovens. Realmente uma competição espetacular”, disse.

O último dia de competição terminou com 11 pódios para o Brasil, o ciclismo e o badminton garantiram as últimas medalhas brasileiras, sendo cinco ouros e seis pratas

Atletas na cerimônia de encerramento dos Jogos Paralímpicos (Foto: Cris Mattos/CPB)
Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também