Palmeiras fica a quatro vitórias de garantir a taça

Com o triunfo sobre o Santos, time pode confirmar o título na partida contra o Atlético-MG

Na história do Campeonato Brasileiro no formato de pontos corridos nenhum time deixou escapar a taça com a diferença que o Palmeiras tem sobre o segundo colocado a seis rodadas para o término da competição.

Com o triunfo sobre o Santos, sábado, no Allianz Parque, e o empate, no domingo, de São Paulo e Flamengo, no Morumbi, o time alviverde terminou a 32ª rodada com 66 pontos, cinco de vantagem sobre o Internacional, que venceu o Atlético-MG e voltou à segunda colocação.

Segundo o matemático Tristão Garcia, do site Infobola, os palmeirenses caminham a passos largos para o sexto título do Brasileiro, o décimo nacional, levando-se em conta a Taça Brasil e o Roberto Gomes Pedrosa.

No cenário mais pessimista, sem depender dos resultados da concorrência, o Palmeiras tem que buscar, nas próximas seis rodadas, quatro triunfos para sacramentar a conquista sem depender de nenhum outro resultado.

Caso seja mantido o histórico do torneio que, desde 2006, com 38 rodadas em disputa, o segundo colocado nunca ultrapassou os 72 pontos, o elenco do técnico Luiz Felipe Scolari precisaria somar mais sete pontos (duas vitórias e um empate).

RECORDES

Nessa marcha da contagem, a torcida palmeirense poderia então gritar “campeão” na partida contra o América-MG, na 36ª rodada, no Allianz Parque. A data do duelo ainda não está definida, mas ele deve acontecer no próximo dia 22.

“A gente venceu o Santos, a gente também está encurtando a data do campeonato”, analisou Felipão, após a vitória sobre o Santos. Campeão nacional com o Grêmio, em 1996, o técnico está perto de conquistar o seu primeiro Brasileiro no formato de pontos corridos.

Outra motivação dos palmeirenses é superar a façanha do Corinthians, campeão de 2017. O arquirrival terminou o primeiro turno invicto, com 47 pontos e aproveitamento de 82,5%. Neste returno, o time alviverde soma 33 pontos e precisaria ganhar cinco das últimas partidas.

O Palmeiras aumentou para 17 rodadas a invencibilidade no torneio. Está a uma de igualar sua terceira marca de invencibilidade no torneio, com Scolari, em 1997. O recorde foi estabelecido entre 1972 e 73, quando ficou 26 jogos sem perder. Em 1994 foram 23 apresentações.

STJD adia julgamento de Deyverson e Felipão 

A pedido do Ceará, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) adiou o julgamento das confusões da partida com o Palmeiras realizada em 21 de outubro, no Pacaembu.

Como a pauta do julgamento não pode ser desmembrada, o Palmeiras vai contar com o técnico Luiz Felipe Scolari à frente do banco de reservas e com o atacante Deyverson, que deverá ser opção entre os suplentes.

Expulso no final do primeiro tempo desse duelo, o centroavante foi denunciado por jogada violenta. Caso seja punido, ele pegará pena de uma a seis partidas.

Por críticas à arbitragem, Felipão também pode pegar até seis jogos de gancho. Além dele, o diretor de futebol, Alexandre Mattos, que reforçou as críticas contra os juízes e a CBF, corre risco de ser suspenso (15 a 180 dias).

Pin It on Pinterest

Share This