Sábado, 25 Junho 2022

Área Azul : abaixo-assinado ganha força em Americana

Área Azul : abaixo-assinado ganha força em Americana

O número de assinaturas de abaixo-assinado que pede mudanças na Área Azul de Americana mais que dobrou após força-tarefa no sábado (29), aumentando a

O número de assinaturas de abaixo-assinado que pede mudanças na Área Azul de Americana mais que dobrou após força-tarefa no sábado (29), aumentando a expectativa por um anúncio de mudanças. Só no sábado, foram cerca de 900, somadas às 800 que já existiam, atingindo 1.700. O prefeito Omar Najar (MDB) deve anunciar mudanças no serviço ainda nesta semana. Detalhes não foram divulgados. 

A ação é encabeçada pela vereadora Maria Giovana Fortunato (PCdoB) e sua equipe, com alta adesão dos comerciantes e apoio da Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana). Na força-tarefa do sábado também estiveram presentes o vereador Odir Demarchi (PL) e sua equipe. Segundo a equipe da vereadora, 24 voluntários auxiliaram na força-tarefa. 

A assessoria da vereadora disse que foi informada de um possível anúncio de Omar informando mudanças nas regras do estacionamento nesta terça-feira (3). Nem Prefeitura nem a Acia confirmaram a informação. 

A Acia fez estudo para aprimorar a Área Azul Digital. O material já foi entregue à prefeitura. Segundo a Acia, a Estapar (Hora Park Sistema de Estacionamento Rotativo Ltda), empresa que explora o serviço de estacionamento rotativo na cidade, receberá o estudo sexta-feira (6), data de reunião entre as partes. 

Estapar declarou que só vai se pronunciar após ter acesso a todas as propostas. 


PROPOSTA 

Giovana propõe transformar a multa da Área Azul em taxa de R$ 27,61, relativa a uma Ufesp (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo). O motorista teria um prazo de 24 horas para pagar a taxa e se livrar da multa, que hoje é de R$ 195,23. A avaliação é que a cobrança tem afastado as pessoas e derrubado o movimento. 

O abaixo-assinado frisa que de agosto a outubro de 2019 a prefeitura recolheu dos contribuintes quase R$ 2 milhões em multas na Área Azul e requer a implantação da “Tarifa de Regularização”. 

“Se faz necessário garantir o direito de ser avisado da multa em casos de constatação de irregularidades, pois hoje a pessoa só vai saber que foi multada quando a cobrança chegar em sua casa. Portanto, esse movimento não tem a intenção de acabar com a Zona Azul, mas oferecer ao contribuinte uma chance de não ser multado e contribuir com o comércio da cidade”, aponta o documento. 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/