PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Empresa transfere Centro Operacional para Americana

Omar Najar (MDB) foi recebido nesta terça-feira (8) para a apresentação dos primeiros resultados do novo empreendimento da Morada Logística

A Prefeitura de Americana garantiu a transferência de mais uma empresa no município e, após três meses da transferência da matriz da Morada Logística de Araraquara para Americana, o prefeito Omar Najar (MDB) foi recebido nesta terça-feira (8) para a apresentação dos primeiros resultados do novo empreendimento e o impacto positivo para a cidade. A empresa realiza transporte para o agronegócio, combustíveis, gases, sucatas e produtos químicos. 

PUBLICIDADE

Além da geração de empregos, a mudança trará aumento na arrecadação de impostos. A Morada Logística possui 450 caminhões e, desde julho, já gerou 40 novos empregos na cidade. Do total de 700 empregos diretos e 170 indiretos, 300 estão em Americana. 

A diretoria geral da empresa explicou que toda reposição de funcionários utiliza mão de obra local e que, nos últimos três meses, passou a utilizar mais fornecedores locais, adquirindo R$ 2,5 milhões em produtos de empresas e prestadores de serviços de Americana. 

PUBLICIDADE

O novo Centro Operacional da Morada Logística foi implantado na Rua Antonio Paciuli, no Jardim Progresso, em uma área de 50 mil m². Apesar de já ter operação no município há 15 anos, apenas em 2015 começou um processo de unificação e, neste ano, passou a concentrar em Americana o que antes era desenvolvido em Araraquara, após um trabalho da Administração, que realizou medidas necessárias, especialmente com relação ao trânsito local, para que a empresa tivesse condições de ter o município como sua base. 

O prefeito foi recepcionado pelo diretor geral André Leopoldo e Silva, acompanhado pelo gerente de Recursos Humanos, Marcelo Pedra, e pelo diretor financeiro, Felipe Trench; acompanhados pelo empresário Samuel Bendilatti. 

PUBLICIDADE

Omar parabenizou os representantes da empresa e destacou a importância do apoio do Poder Público. “A gente tem que incentivar a iniciativa privada porque a cidade necessita das empresas”, afirmou. 

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This