Funcionário VPT terá ‘preferência’

"Sou Americana", que irá operar os ônibus urbanos, deve dar prioridade à contratação dos atuais trabalhadores

A Sancetur (Santa Cecília Turismo), empresa de Paulínia que vai assumir a operação do transporte coletivo de Americana de forma emergencial a partir de dezembro, vai dar preferência aos trabalhadores que atuam pela VPT (Viação Princesa Tecelã) quando for contratar funcionários para operar na cidade. A informação é da Prefeitura de Americana. A Administração revelou também que a Sancetur vai operar no município com o nome de “Sou Americana”.
Uma reunião entre representantes da prefeitura e da Sancetur ocorreu ontem para definir o processo de transição. Detalhes não foram divulgados. Uma entrevista coletiva à Imprensa está marcada para amanhã.

 

Questionada pelo TODODIA sobre a situação dos cerca de 300 trabalhadores vinculados à VPT, a prefeitura informou que a futura Sou Americana dará preferência a eles. “O proprietário da empresa, que será Sou Americana, nos informou que a contratação preferencial será de quem está na VPT. Se o pessoal tiver interesse e cumprir os requisitos da empresa, será preferencialmente contratado”, disse a prefeitura, via assessoria.

 

Ainda não foram divulgados detalhes sobre o quadro total de funcionários que a Sou Americana contratará. Sabe-se, por hora, que a empresa terá que disponibilizar 80 veículos com média de idade de 2,9 anos, sendo o mais antigo de quatro anos, para operar nas 35 linhas da cidade. Atualmente a Sancetur não tem esses ônibus à disposição. O diretor da empresa, Marco Abi Chedid, disse ao TODODIA, na última sexta, que os veículos serão comprados.

 

Sindicato
De acordo com o secretário geral do Sindicato dos Condutores de Americana e Região, Nadir José Migliorin, a preferência por trabalhadores da VPT é uma “boa notícia”. No entanto, a entidade alerta para a rescisão trabalhista. “Isso é uma boa notícia, sem dúvida. A preocupação do sindicato mesmo é o quadro dos direitos trabalhistas. No decorrer dos dias vamos tentar conversar com a prefeitura, com a empresa (VPT), para tentar resolver o problema”, afirmou.

Contrato foi rompido dia 14

O prefeito de Americana, Omar Najar (MBD), decretou no dia 14 de setembro a rescisão dos contratos de concessão do transporte público urbano. Com isso, a VPT (Viação Princesa Tecelã) só poderá operar até 30 de novembro. A outra empresa, VCA (Viação Cidade de Americana), já tinha sido afastado do serviço pela prefeitura em julho do ano passado.

 

Um novo contrato emergencial foi feito e a prestadora selecionada na última sexta foi a Sancetur, de Paulínia – uma das empresas da família Chedid, também dona da Expresso Metrópolis, Rápido Serrano e Jundiá Transportadora. A empresa paulinense já atua no transporte escolar de Americana, através de um contrato com a Secretaria de Educação.

Pin It on Pinterest

Share This