Funcionários da VPT fazem paralisação em Americana de manhã

Funcionários da VPT (Viação Princesa Tecelã) paralisaram o serviço de transporte coletivo urbano de Americana na manhã desta quarta-feira (07). Cerca de 180 profissionais decidiram pela paralisação e estão na garagem da empresa.

Funcionários da VPT (Viação Princesa Tecelã) paralisaram o serviço de transporte coletivo urbano de Americana na manhã desta quarta-feira (07). Cerca de 180 profissionais decidiram pela paralisação e estão na garagem da empresa. O Sindicato dos Condutores está acompanhando a situação. A Prefeitura informou que não houve aviso-prévio. A assessoria de imprensa da VPT afirmou que já está em contato para que o transporte seja retomado. O transporte metropolitano funciona normalmente.

Segundo o diretor do Sindicato dos Condutores de Americana e Região, que representa a categoria, Nadir Migliorin, na tarde de ontem houve reunião com funcionários, que se mostraram preocupados com o não pagamento de seus direitos por conta da transição do transporte urbano na cidade. A Sancetur foi contratada pela Prefeitura para assumir o transporte coletivo a partir do dia 1º de dezembro.

“Conversei com eles e relataram essa preocupação. Falei para irem trabalhando que estávamos em contato para resolver a situação e na madrugada de hoje fui surpreendido com a notícia de que eles tinham parado”, disse Migliorin. O diretor afirmou que uma pessoa teria passado a informação de que os funcionários não iriam receber os direitos e, apreensivos, os motoristas decidiram paralisar as atividades. “Estamos verificando a situação para resolver todo esse impasse”, disse.

O diretor explicou que 180 funcionários não iniciaram os trabalhos na manhã e que há outra equipe que inicia os serviços na parte da tarde.

A Prefeitura infirmou que não recebeu qualquer comunicado prévio sobre a paralisação.

A assessoria de imprensa da VPT informou que já está em contato com o sindicato para que os ônibus voltem a circular. Foi ressaltado que a informação sobre possível falta de pagamento não saiu da empresa.

Pin It on Pinterest

Share This