PUBLICIDADE

Flávio Bolsonaro empregou mãe e mulher de PM do Rio suspeito de comandar milícia

O senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), empregou até novembro do ano passado, em seu gabinete na Alerj, a mãe e a mulher ex-capitão do BOPE Adriano Magalhães da Nóbrega, 42, suspeito de comandar milícia no Rio de Janeiro. Magalhães está foragido e é um dos 13 alvos de uma operação deflagrada nesta terça-feira (22) pelo Ministério Público…
Leia mais...

Pin It on Pinterest