terça-feira, 23 abril 2024

Covid: Brasil tem média de mortes abaixo de 600 pela 1ª vez desde dezembro

A taxa ficou em 526 pessoas que faleceram nos últimos sete dias  

Vacinação contra a covid-19 avança no país – Divulgação/Governo de São Paulo

O Brasil registrou nesta terça-feira (7) 342 novas mortes por covid-19, totalizando 584.208 óbitos desde o início da pandemia. Pela primeira vez desde dezembro, a média móvel de mortes ficou abaixo de 600. Os dados são obtidos pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de saúde.

Em média 526 pessoas morreram nos últimos sete dias, o que indica uma tendência de queda de -27% na comparação com 14 dias atrás. Já são 15 dias consecutivos de queda. A média de ontem é a menor desde 1º de dezembro, quando registrou os mesmos 526.

É melhor que os números de abril de 2021, quando registrou médias acima de 3 mil, mas ainda longe dos 319 registrados em novembro de 2020. A média móvel é o melhor indicador para analisar a pandemia, pois corrige as flutuações nos dados das secretarias de saúde que ocorrem aos fins de semana e feriados.

A média dos últimos sete dias é comparada com o mesmo índice de 14 dias atrás. Se ficar abaixo de -15%, indica tendência de queda; acima de 15%, aceleração; entre esses dois valores, estabilidade.

Hoje também foram registrados 13.868 novos casos de coronavírus no país. Desde o início da pandemia, em março do ano passado, já foram feitos 20.911.579 diagnósticos da doença.

Vinte estados tiveram queda na média, enquanto seis e o Distrito Federal tiveram estabilidade. Nenhum estado registrou aceleração. Todas as regiões apresentaram queda: Centro-Oeste (-34%), Nordeste (-27%), Norte (-42%), Sudeste (-23%) e Sul (-28%).

Veja a situação por estado e no Distrito Federal

Região Sudeste

  • Espírito Santo: estável (7%)
  • Minas Gerais: queda (-19%)
  • Rio de Janeiro: estável (1%)
  • São Paulo: queda (-41%)

Região Norte

  • Acre: queda (-80%)
  • Amazonas: queda (-62%)
  • Amapá: estável (-14%)
  • Pará: queda (-43%)
  • Rondônia: queda (-40%)
  • Roraima: estável (-9%)
  • Tocantins: queda (-36%)

Região Nordeste

  • Alagoas: queda (-28%)
  • Bahia: queda (-28%)
  • Ceará: queda (-19%)
  • Maranhão: queda (-43%)
  • Paraíba: estável (-13%)
  • Pernambuco: queda (-20%)
  • Piauí: queda (-18%)
  • Rio Grande do Norte: queda (-30%)
  • Sergipe: queda (-57%)

Região Centro-Oeste

  • Distrito Federal: estável (-1%)
  • Goiás: queda (-42%)
  • Mato Grosso: queda (-39%)
  • Mato Grosso do Sul: estável (-33%)

Região Sul

  • Paraná: queda (-33%)
  • Rio Grande do Sul: queda (-27%)
  • Santa Catarina: estável (-14%)
Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também